Novo material desenvolvido em pesquisa no Instituto de Química ajuda liberação gradual e controlada de fármacos

Novo material desenvolvido em pesquisa no Instituto de Química ajuda liberação gradual e controlada de fármacos
   A liberação controlada de fármacos é um campo avançado de estudo que utiliza recursos como a nanotecnologia, que atua em…

12:54 |JOSÉ ANGELO SANTILLI |2018JUL01| 

A Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais (SBPMat) destacou neste mês artigo científico que tem, entre os seus autores, o pesquisador da Unesp Celso Ricardo Nogueira Jesus. O artigo, redigido em parceria com o professor da Universidade de Franca (Unifran) Eduardo Ferreira Molina, detalhou o desenvolvimento de um novo material que consegue carregar fármacos e liberá-los de forma gradual e controlada.

A base para o artigo é a pesquisa desenvolvida entre 2010 e 2014 no doutorado em Química de Nogueira Jesus, com orientação do professor Celso Valentim Santilli e da professora Sandra Helena Pulcinelli, ambos do Instituto de Química (IQ) do câmpus Araraquara da Unesp.

A liberação controlada de fármacos é um campo avançado de estudo que utiliza recursos como a nanotecnologia, que atua em nível molecular.

Os resultados deste trabalho podem constituir um primeiro passo rumo ao uso do nanocompósito (material de dimensão nanométrica), desenvolvido pela equipe científica, como sistema de liberação de fármacos para tratamentos prolongados de artrite, enxaqueca, dor pós-cirúrgica etc.

Com um sistema como este, a medicação poderia ser liberada paulatinamente nas doses e taxas mais adequadas, mantendo a concentração ideal do fármaco na corrente sanguínea.

O trabalho recebeu financiamento das agências federais Capes e CNPq e da agência paulista Fapesp.

O artigo completo pode ser lido na página da SBPMat.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *