Núcleo de Atividades Turísticas da Uniara volta a oferecer agendamentos para city tour

Núcleo de Atividades Turísticas da Uniara volta a oferecer agendamentos para city tour

| IDNews |Brasil |  Assessoria de Imprensa Uniara|

Interessados podem entrar em contato por e-mail, telefone ou Instagram

IDN/Interior/Araraquara

O Núcleo de Atividades Turísticas – NAT da Universidade de Araraquara – Uniara volta a oferecer o city tour a pé. Os interessados devem entrar em contato para agendamento do passeio, gratuito, pelo e-mail [email protected], pelo telefone (16) 3301-7328 ou pelo Instagram – @citytouraqa.

“O city tour a pé pode ser feito tanto para grupos – já fizemos para estrangeiros da América do Sul, com 47 pessoas – quanto para apenas um indivíduo. Isso depende do perfil da demanda e do que pretende-se conhecer e fazer”, explica a coordenadora do NAT, Nádia Pizzolitto.

Uma das vantagens do roteiro a pé, de acordo com ela, é que pode ser personalizado. “Não existe um padrão. O que atendemos é de acordo com o quanto a pessoa interessada quer andar ou, se são crianças, escolhemos um trajeto mais seguro para que não atravessem muitas ruas; se é um grupo que  quer conhecer especificamente as pegadas de dinossauros dos museus a céu aberto ou a região do Gigantão e do CEAR, podemos fazer também, com qualidade nas visitas, pelo fato de o público estar mais próximo e vivenciar aquilo”, destaca.

O turista, por meio do city tour a pé, além de observar de perto o atrativo, pode interagir com ele, segundo Nádia. “De ônibus, por exemplo, não temos como mostrar a pegada dos dinossauros, mas caminhando, sim. Além disso, esse passeio permite sentir o vento no rosto ou a sombra de uma árvore da rua 5, uma das maiores procuras do público – os estrangeiros ficam encantados. Também entramos na Igreja Matriz quando há interesse. É um parâmetro totalmente diferente do qual se fôssemos de ônibus, porque esse meio de transporte não permite todo esse acesso. A pé, é um turismo de experimentação, no sentido de vivenciar toda a atratividade turística”, diz.

Guia de turismo

“Ultimamente, o governo vem fiscalizando essa condição dos guias ilegais. Vemos diversas reportagens nas quais ônibus são parados pela polícia, o que prejudica o deslocamento, já que os turistas são obrigados a retornar. Por isso, acredito que é o momento para se fazer o Curso Técnico em Guia de Turismo do Instituto de Educação São Bento, ligado à Uniara”, recomenda Nádia, também coordenadora da atividade.

Ela lembra que o curso “mantém uma parceria com a CADASTUR, e o aluno, ao finalizá-lo, recebe a carteirinha emitida por esse um órgão do ministério do governo”. “Com isso, ele tem possibilidades de se tornar um guia não somente regional ou nacional, mas na América do Sul, e hotéis e instituições que trabalham com turismo buscam profissionais capacitados e qualificados. É uma grande oportunidade de mercado de trabalho que, hoje, vemos crescendo”, finaliza.

Mais informações sobre o Curso Técnico em Guia de Turismo, que está com matrículas abertas, podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br/guiaturismo, pelo telefone (16) 3303-7400, pelo e-mail [email protected]

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *