Odebrecht desiste de pedido de liberdade para tentar fazer delação

Odebrecht desiste de pedido de liberdade para tentar fazer delação    
Odebrecht desistiu do pedido de liberdade, antes que o Ministério Público o tivesse avaliado
10:08| 18/07/2016
Delação

O empresário Marcelo Odebrecht está preso há mais de um ano em Curitiba. Procuradores da Operação Lava Jato convenceram Marcelo a desistir de um pedido de liberdade impetrado por seu advogado no último dia 5.

De acordo com a Folha de S. Paulo, Marcelo recebeu duas alternativas: retirar o pedido de liberdade, ou então estariam encerradas as possibilidade de fechar acordo de delação premiada.

Na última quarta-feira (13), Odebrecht desistiu do pedido de liberdade, antes que o Ministério Público o tivesse avaliado.

Nabor Bulhões, advogado de Marcelo, encaminhou ao juiz Sergio Moro um pedido afirmando que deixava de pedir a liberdade de Marcelo “por motivo que se encontra em sigilo judicial”.

A publicação explica que as negociações sobre o acordo de delação estão sob sigilo. No entanto, havia também outro motivo para a desistência: os procuradores da Lava Jato em Curitiba ficaram contrariados com o pedido apresentado pela defesa de Marcelo. De acordo com os procuradores, a solicitação de liberdade ia contra o clima colaborativo das negociações que estão em curso.

A possível delação da Odebrecht é considerada a mais explosiva da Operação Lava Jato.

Segundo a Folha, podem ser citados na delação o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro José Serra (Relações Exteriores), do PSDB.

Noticias

 

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *