Operação Vereda investiga policiais civis acusados de praticar extorsões

Operação Vereda investiga policiais civis acusados de praticar extorsões
   “A operação foi batizada de “Vereda” em alusão ao livre arbítrio que levou os integrantes da quadrilha, à sombra da condição policial, para a prática delitiva de crimes diversos.

9:07 |Comunicação Social PF no Ceará |2018JUL27| 

Fortaleza/CE – A Polícia Federal deflagrou hoje ( 27/7) a segunda fase da Operação Vereda, para desarticular organização criminosa formada por policiais civis lotados na Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas – DCTD, em Fortaleza/CE, indiciados  por extorsões a investigado envolvido em esquema ilegal de venda de anabolizantes trazidos da Europa.

Cerca de 50 policiais federais dão cumprimento a 16 mandados de prisão preventiva, dois mandados de busca e apreensão e quatro ordens de afastamento das funções, em Fortaleza, Caucaia/CE e Belém/PA. Os mandados judiciais foram expedidos pela 32ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Ceará, após a conclusão do inquérito policial e recebimento da denúncia.

A investigação teve início a partir de apuração sobre a comercialização ilegal de anabolizantes provenientes da Europa. Foi constatada a participação de policiais civis em extorsões praticadas contra o principal investigado, culminando na revelação de fortes indícios de cometimento de outros crimes.

Os acusados foram indiciados e denunciados, na medida de suas participações, por extorsão, roubo, receptação tortura, organização criminosa, embaraço à investigação de organização criminosa, tráfico de drogas, abuso de autoridade, usurpação da função pública, favorecimento pessoal e violação de domicílio.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *