Operadoras de telefonia se beneficiaram de bloqueio do WhatsApp

Operadoras de telefonia se beneficiaram de bloqueio do WhatsApp
Dentre as operadoras, a Oi foi a única a admitir publicamente que tinha recorrido para que não houvesse o bloqueio do WhatsApp

Após receberem a notificação judicial, na última quarta-feira 16), que determinava o bloqueio do aplicativo WhatsApp em todo o país, as operadoras de telefonia correram prontamente para seguir a determinação judicial, segundo a Sinditelebrasil, associação representante no setor.

Segundo informações da Folha de S.Paulo, as companhias usaram a decisão judicial em causa própria na disputa que elas travam contra o aplicativo.

Dentre as operadoras, a Oi foi a única a admitir publicamente que tinha recorrido para que não houvesse o bloqueio do WhatsApp.

Por outro lado, a Vivo, controlada pela espanhola Telefónica, não cogitou contestar o pedido judicial. De acordo com a Folha de S.Paulo, a operadora já deixou claro o interesse em investir nesse ramo de negócio para competir com o WhatsApp e outros aplicativos do gênero. Tim e Claro, que têm parceiras com o WhatsApp, esperaram que os recursos fossem feitos por terceiros.

De acordo com José Félix, presidente no Brasil da América Móvil, que controla a Claro, em entrevista ao “Teletime”, disse o WhatsApp estaria deliberadamente buscando outras “portas de acesso” para furar o bloqueio, uma estratégia que, segundo o executivo, “é típico de sites criminosos, de pirataria, pedofilia”.

Para as operadoras de telefonia, aplicativos como o WhatsApp estão prestando um serviço “pirata”, e esperam que o governo exija “isonomia” no setor, obrigando-os a cumprir as regras hoje estabelecidas para o serviço de voz e textos.

Notícias em Minuto

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *