Pacotes com propina da Andrade eram entregues em frente a shopping

Pacotes com propina da Andrade eram entregues em frente a shopping    
Os envelopes com até R$ 50 mil eram entregues a ex-diretores da Eletronuclear
11:24| 29/07/2016
MPF - RIO

O Ministério Público Federal do Rio apresentou nesta semana uma denúncia à 7ª Vara Federal Criminal do Rio. No documento, o MPF aponta que dois ex-diretores e dois ex-superintendentes da Eletronuclear recebiam propina em dinheiro vivo, em envelopes com valores entre R$ 30 mil e R$ 50 mil.

De acordo com o jornal O Globo, as propinas eram entregues em cafeterias, dentro de carros e até mesmo na rua. Um dos locais citados é a calçada em frente a um movimentado shopping de Botafogo, na capital fluminense.

Ex-dirigentes e funcionários da Andrade Gutierrez fizeram as revelações em depoimentos de delação premiada e de adesão a acordo de leniência.

A reportagem destaca que a denúncia é fruto da Operação Pripyat que prendeu o ex-presidente da Eletronuclear Othon Silva e também membros do alto escalão da empresa, acusados de receber propinas da Andrade Gutierrez no âmbito das obras da usina nuclear de Angra 3. 15 pessoas foram denunciadas por crimes como corrupção passiva e organização criminosa.

Fernando Carvalho, Lauro Tiradentes e Gustavo Botelho, executivos da Andrade Gutierrez, contaram que entregavam pessoalmente propina a ex-dirigentes da Eletronuclear. Segundo Tiradentes, uma vez o pagamento foi entregue na calçada em frente ao Botafogo Praia Shopping, e outra vez em uma rua próxima à sede da Eletronuclear, que fica no Centro do Rio.

Ainda de acordo com O Globo, a Andrade Gutierrez declarou que “mantém o compromisso de colaborar com a Justiça”.

Noticias

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *