Perto de meio século de desafios, Daae comemora aniversário

Perto de meio século de desafios, Daae comemora aniversário
Há 49 anos, o Daae iniciava saga que o levou a ser referência no setor

7:25 |Assessoria de Imprensa | 2018JUN16 

Um mês antes do homem pisar na Lua pela primeira vez, era criado em Araraquara o Departamento Autônomo de Água e Esgotos (Daae). Os dois fatos têm uma relação em comum: certamente foram dois grandes desafios. O primeiro, para a ciência envolvida na aventura humana fora da Terra. O segundo, para enfrentar as deficiências de abastecimento de água e coleta de esgoto impostos pela expansão da cidade. O Daae comemorou, na quarta-feira (13), seus 49 anos de história e de prestação de serviços à população de Araraquara, com um almoço no refeitório da autarquia, com presença dos vereadores Lucas Grecco (PSB), Paulo Landim (PT) e Zé Luiz – Zé Macaco (PPS), do prefeito Edinho Silva (PT), e de autoridades e servidores do Departamento.

O Daae foi fundado em 2 de junho de 1969 pelo então prefeito Rubens Cruz. A cidade tinham um setor no Departamento de Obras que cuidava da questão. Naquele momento, Araraquara tinha 60 mil habitantes. Vivia uma contradição em seu contexto histórico. Tinha o título de “cidade mais limpa das três Américas”, porém um terço dela não tinha asfalto e sofria com constantes faltas de água e a coleta de esgoto não estava chegando aos novos bairros.

Resolvendo problemas e além

A criação do Daae permitiu que se desse atenção específica às demandas de água e esgoto, enquanto o Departamento de Obras passou a focar na solução dos problemas por trás do falso conto de fadas, que até os dias de hoje alimenta o imaginário do araraquarense que foi dominado por aquela fábula. A população passou rapidamente a perceber os efeitos positivos de sua criação, resolvendo os problemas de captação, tratamento e abastecimento de água e coleta de esgoto, tornando-se uma referência nacional no setor.

Sempre com ousadia e pioneirismo, a autarquia, audaciosamente fazendo o que poucos haviam feito, implantou Estação de Tratamento de Esgoto (Ete), em um tempo em que pouco se falava disso. Hoje, a medida é obrigatória para os municípios brasileiros.

Do início difícil até as conquistas celebradas no aniversário, próximo de meio século de existência, o Daae transformou-se em patrimônio do araraquarense, que contribuiu para seu surgimento e o mantém pagando suas contas de água e esgoto; além de seus servidores, que zelam pelo bom funcionamento do serviço. Hoje, são 617 funcionários que, além dos serviços de água e esgoto, atuam também com as questões dos resíduos sólidos e a gestão ambiental, novos desafios colocados para a autarquia.

Entre os melhores do Brasil

Falando em nome da Câmara Municipal de Araraquara, o vereador Lucas Grecco afirmou que trabalhou por um período no Daae e que a autarquia sempre esteve preocupada com a qualidade dos seus serviços. “Parabéns a todos os servidores que lutam para o bem-estar da população”, disse.

O prefeito Edinho Silva falou que o desafio do Departamento tem sido muito grande em todos os tempos. “O Daae sempre foi arrojado e está voltando a investir na melhoria das redes de água e esgoto de Araraquara, perfurando poços, construindo reservatórios, modernizando a sua estrutura”, afirmou, parabenizando os servidores.

O superintendente da autarquia, Marcos Isidoro, falou de uma recente premiação conquistada. “O Daae foi classificado como o 11º melhor do Brasil em sua área de atuação pela Revista “Saneamento Ambiental”. Isso é graças ao esforço e à dedicação de todos vocês em quase meio século de história”, exaltou.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *