Pesquisa mostra como a prática de Mindfulness (atenção plena) ajuda no controle do estresse de profissionais da saúde

Pesquisa mostra como a prática de Mindfulness (atenção plena) ajuda no controle do estresse de profissionais da saúde
| IDNews ®|Brasil | São Paulo  | Unifesp |  Carolina Malandrino

Em tempos de pandemia do novo coronavírus, a saúde mental dos trabalhadores que estão na linha de frente no combate à doença também precisa ser uma prioridade, segundo especialistas.

IDN/Pesquisa – Controle do estresse

 

Um estudo desenvolvido por pesquisadores do Centro Mente Aberta, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), comprovou que a prática de Mindfulness (atenção plena) pode ajudar os profissionais que atuam na área da saúde a controlar o estresse.
A prática, que se baseia em explorar a capacidade humana de estar completamente atento para realizar uma atividade, pode ser uma forte aliada para manter a saúde mental dos profissionais, principalmente em momentos de pressão e incertezas, como a causada pela pandemia do novo coronavírus.
O estudo
O estudo foi o primeiro a investigar a prática de Mindfulness, o bem-estar subjetivo e o estresse nos profissionais de saúde no Brasil, com base na autopercepção do público-alvo.
Para isso, os pesquisadores entrevistaram 450 agentes comunitários de saúde, auxiliares de enfermagem, enfermeiros e médicos de Programas de Saúde da Família (PSF).
De acordo com o coordenador do Centro Mente Aberta, Marcelo Demarzo, o estudo considerou a rotina de trabalho o tempo de permanência no cargo e até a forma que os trabalhadores lidam com a realidade da maioria dos pacientes atendidos nas unidades de saúde.
“A pesquisa usou diversos instrumentos para abordar a vivência dos profissionais e os potenciais motivos de estresse. Dessa forma, analisamos como eles percebiam a influência desses indicativos na saúde mental”, diz.
A pesquisa também levou em conta como é a realidade nas unidades de saúde no Brasil, em comparação aos serviços no Reino Unido, onde o bem-estar da equipe, um bom relacionamento entre a equipe, a boa gerência e estrutura organizacional são mais valorizadas.
Atenção plena
Segundo Demarzo, os resultados da pesquisa mostraram que, mesmo diante dos desafios do trabalho, os profissionais que mantinham a atenção plena durante as atividades tinham maior controle sobre o estresse.
“A prática de Mindfulness tem demonstrado aumentar a clareza de valores e a capacidade de resistir às situações desagradáveis, sem que a mente corte o estado de consciência do momento presente. Isso, em teoria, leva a uma experiência mais real e saudável, baseada em aceitação da realidade e não sua supressão”, diz o coordenador.
Dessa forma, o estudo também explorou uma variedade de elementos que podem apoiar o desenvolvimento de intervenções de atenção plena para prevenção do estresse.
“Sabemos que, diante do cenário atual, a pressão vivida pelos profissionais da saúde é enorme. Por isso é importante que o sistema entenda a necessidade em cuidar da saúde mental de quem atua na linha de frente para que a qualidade do serviço também seja aprimorada”, explica.
O que é Mindfulness?
Mindfulness é um dos estados da mente, acessível a qualquer indivíduo, que consiste em um exercício de querer vivenciar o momento presente, intencionalmente, aceitando a experiência.
Em Mindfulness, o sentido correto de aceitação é o de se olhar a realidade como ela realmente é, sem julga-la ou reagir a ela no “piloto automático”.
Com a prática regular, o processo torna-se mais natural, sendo possível permanecer nesse estado em grande parte do tempo e aumentar a qualidade de vida do indivíduo.
Embora muitos dos termos e técnicas tenham origem nas tradições orientais, o Mindfulness hoje em dia é considerado uma prática laica (secular, não-religiosa), com sólida base científica.
Mente Aberta
Fundado pelo especialista pioneiro em Mindfulness no Brasil, o Mente Aberta (Brazilian Center for Mindfulness and Health Promotion) é um Centro de promoção e divulgação de intervenções baseadas em Mindfulness com foco em práticas e programas, formação profissional e pesquisas científicas.
O Centro Mente Aberta coordena um Programa de Extensão Social da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), um grupo de pesquisa certificado pela universidade e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), e segue as Diretrizes da Rede Britânica de Professores de Mindfulness (UK Network for Mindfulness-Based Teacher Trainers).
Quem é Marcelo Demarzo?
É médico especialista em Mindfulness para adultos e crianças, com treinamentos na Inglaterra (Mindfulness in Schools Project, em Londres; Oxford Mindfulness Centre, na Universidade de Oxford; e Instituto Breathworks, em Manchester), e nos EUA (Center for Mindfulness in Medicine, Health Care, and Society, na Universidade de Massachusetts).
Fez pós-doutorado em Mindfulness e Promoção da Saúde na Universidade de Zaragoza, na Espanha, e diversos cursos de aprofundamento nas tradições contemplativas e meditativas, incluindo a Psicologia Budista e Tibetana em Dharamsala, Índia.
Juntamente com o professor Javier Garcia-Campayo, da Universidade de Zaragoza, desenvolveu a Terapia de Compaixão Baseada em Estilos de Apego (Attachment-Based Compassion Therapy).
É fundador e atual coordenador do Mente Aberta (www.mindfulnessbrasil.com), referência nacional e internacional nos programas e pesquisas sobre Mindfulness.
Assessoria de Imprensa
Ana Carolina Malandrino

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.