PF investiga docentes e servidores por desvios de recursos na UFSC

PF investiga docentes e servidores por desvios de recursos na UFSC
Operação Ouvidos Moucos cumpre mandados em Florianópolis, Itapema e Brasília

14SET2017|  7:20 - OPERAÇÃO OUVIDOS MOUCOS Foto: © Reprodução/Instagram

Cerca de 100 policiais federais estão em ação na Operação ‘Ouvidos Moucos’, deflagrada nesta quarta-feira (14) para desarticular uma organização criminosa, suspeita de desviar recursos da ordem dos R$ 80 milhões para cursos de Educação a Distância (EaD) da Universidade Federal de Santa Catarina.

 Professores, empresários e funcionários são suspeitos de desviar bolsas e verbas de custeio para beneficiar pessoas sem qualquer vínculo com a UFSC. Eles são alvo de sete mandados de prisão temporária, cinco mandados de condução coercitiva e 16 mandados de busca e apreensão pela ‘Ouvidos Moucos’, que também envolve a Controladoria Geral da União e o Tribunal de Contas da União.

“O nome da operação faz referência à desobediência reiterada da gestão da UFSC aos pedidos e recomendações dos órgãos de fiscalização e controle”, informou a PF ao portal G1. A operação exigiu da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) o acesso integral aos dados do repasse para este programa.

O curso de Educação a Distância é oferecido pelo programa Universidade Aberta do Brasil (UAB), criado pelo Governo Federal em 2006 para capacitar professores da rede pública de ensino, sobretudo de regiões carentes do interior do Brasil.

Além das bolsas atribuídas a pessoas sem qualquer vínculo com as atividades de magistério superior em Ead, ainda serão apurados casos de falsas licitações na contratação dos serviços, com empresas de fachadas e preços superfaturados. Dentre os crimes investigados pela operação estão Fraude em licitação, Peculato, Falsidade documental, Estelionato, Inserção de dados falsos em sistemas e Organização Criminosa.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *