PF reduz tempo de reunião entre Lula e advogados na prisão

| IDNews | Via Notícias ao Minuto  | Foto: © Reuters

Reuniões duravam até seis horas por dia e foram reduzidas para duas horas

A Polícia Federal limitou o acesso dos advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na prisão em Curitiba. Lula está preso desde abril de 2018, no prédio da Superintendência Regional da PF no Paraná, e se reunia com a defesa durante seis horas por dia.

A decisão da PF reduziu para uma hora diária o encontro de Lula com os advogados. As reuniões podem ser divididas em dois turnos de 30 minutos, segundo revela a coluna Painel, da Folha de S. Paulo.

No entanto, a defesa recorreu e a Polícia Federal decidiu estender o período para duas horas diárias, mas limitou o acesso a dois advogados por dia.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *