PM atira pelas costas e mata homem rendido e de mãos para cima em Salvador

A testemunha que fez o vídeo afirma que os disparos estavam sendo feitos por policiais


Uma operação da PM (Polícia Militar) da Bahia na região do Calafate, no bairro San Martin, em Salvador, resultou em duas pessoas mortas, na quarta-feira (20). Pelo menos uma dela já estava rendida e com as mãos para cima quando foi alvo do primeiro disparo, que aparenta tê-la atingido na cabeça.

Imagens gravadas por um morador próximo à localidade mostram que, por volta das 17h50 da quarta, os policiais realizavam operação em uma rua do bairro. O vídeo, de pouco mais de um minuto, não registra reação de suspeitos ou tiros contra os policiais, diferentemente do que alega a PM na versão dada pela corporação.

É possível ouvir diversos disparos, e a testemunha que fez o vídeo afirma que eles estavam sendo feitos por policiais.

Também no vídeo, é possível ver um homem de costas, rendido e com as mãos para cima, sendo atingido por um tiro, aparentemente na cabeça, disparado por um PM. Logo após cair, diversos tiros são feitos contra ele no chão.

Segundo a PM, dois suspeitos feridos -que não foram identificados- chegaram a ser socorridos para o Hospital Ernesto Simões, mas não resistiram.

Em nota enviada à reportagem, a PM aponta uma versão dos policiais diferente da vista nas imagens. “O indivíduo que estava sendo abordado realizou movimento de saque de arma de fogo da cintura, quando houve reação policial com disparos de defesa contra o agressor, que caiu ao solo atirando, conforme registro da ocorrência na Corregedoria da Polícia Militar”, diz.

Segundo a PM, os policiais que estavam na ocorrência eram da Companhia Independente de Policiamento Tático, conhecida como Rondesp. A corporação diz que eles se preparavam para iniciar diligências na localidade após informação de que havia indivíduos armados na região.

“Nesse momento, um veículo modelo Classic, de cor branca, surgiu em alta velocidade na direção das guarnições e desobedeceu a ordem de parada, passando a efetuar disparos contra os PMs, inclusive atingindo uma das viaturas. Houve revide e o condutor acabou colidindo o veículo em um poste de iluminação pública”, informa.

A PM afirma que os ocupantes do carro se encontravam em “fuga de um acompanhamento realizado por policiais militares da Operação Apolo, acusados de roubos a veículos”.

Ainda segundo a nota, “um dos indivíduos tentou fugir das guarnições e acabou caindo ao solo alguns metros adiante”. “O segundo indivíduo tentou fugir saindo pela janela do veículo, quando foi abordado pelos PMs”, acrescenta.

“Nesse momento, um grupo armado que se encontrava no morro próximo ao local da ocorrência, passou a efetuar disparos contra os policiais, quando foi necessário dispersar e revidar as agressões”, completa o comunicado.

Ainda segundo a PM, os dois homens mortos estavam em posse de dois revólveres calibre 38. Ambos estavam sem identificação.
Questionada pela reportagem, a PM não informou se os policiais da operação estão ou serão afastados e se serão investigados pelas mortes.

| IDNews® | Folhapress | Via NMBR |Brasil

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *