Presidente do PP se irrita com Datena para desistência

Presidente do PP se irrita com  Datena para desistência

Acho que ele não precisava entrar nesse terreno, podia só ter falado que não queria mais participar e pronto, desabafa Mussi

O deputado federal Guilherme Mussi não gostou da justificativa dada por José Luiz Datena para desistir da candidatura pela prefeitura de São Paulo. O Presidente do diretório estadual paulista do Partido Progressista (PP-SP) foi um dos responsáveis por levar o apresentador a se candidatar.

Ao conversar com o iG, Mussi confessou não estar surpreso, “já que, nas nossas conversas, ele sempre deixou claro que podia tanto oficializar quanto recuar da pré-candidatura”. No entanto, afirmou que preferiria que não tivesse sido usada a justificativa dada por Datena. O apresentador citou denúncia da Procuradoria-Geral da República de que parlamentares do PP receberam R$ 357 milhões em propina.

“Acho que ele não precisava entrar nesse terreno, podia só ter falado que não queria mais participar e pronto”, desabafa Mussi. “A maioria dos partidos políticos do Brasil têm alguma acusação de envolvimento em escândalos, seja na Lava Jato, seja em outras investigações. O Brasil vive hoje este momento muito ruim e me parece que o Datena não se sentiu à vontade de entrar nele, viu que não conseguiria mudar as coisas. Ele tem total direito de mudar de ideia. Eu o admiro e ele tem a envergadura para opinar como bem entender. Mas não precisava ter dado a justificativa que deu”, complementa.

Noticias Em Minuto

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *