Presos são alimentados com lanches do McDonald’s na Alemanha

Presos são alimentados com lanches do McDonald’s na Alemanha
Polícia de Bergisch Gladbach teve contrato de fornecedor de refeições cancelado e precisou adotar ação emergencial

 07MAR2017| 12:11
 Colônia Express

Como o contrato de fornecimento de refeições ao presídio da cidade alemã de Bergisch Gladbach, no oeste do país, não foi renovado deste no início deste mês de março, a polícia passou a comprar lanches do McDonald’s para alimentar os detentos.

O tabloide “Express”, de Colônia, divulgou que os presos podem escolher entre um hambúrguer, um cheeseburger ou um hambúrguer vegetariano para o almoço. No café da manhã, eles comem uma McToast com queijo, presunto e bacon.

Os pedidos não podem passar de 4 euros e são feitos por um guarda, que retira as preferências e encomenda numa lanchonete a 160 metros da prisão.

A empresa que prestava o serviço teve de cancelar o contrato após perder um outro cliente que tinha na cidade, um hospital.

O porta-voz da polícia Richard Barz explicou ao jornal local “Bergische Landeszeitung” que decidiu pela rede de fast food para fornecer alimentos temporariamente para a unidade porque a lanchonete é próxima e o atendimento é 24 horas.

Ao “Express”, o secretário do Interior da Renânia do Norte-Vestfália, Ralf Jäger, explicou que esta é uma “solução emergencial”, pois o McDonald’s não preencheria os requisitos necessários para se tornar um fornecedor oficial de refeições para o presídio.

A instalação de Bergisch Gladbach é usada para prisões de curto prazo. A unidade distribuiu aproximadamente 300 refeições a detentos em 2016. Sendo que 642 pessoas passaram por lá.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *