Professores aprovados em concurso da Prefeitura serão convocados em breve

|  IDNews| Câmara Municipal de Araraquara  | Foto: © CMA

Em reunião com o vereador José Carlos Porsani, secretária de Educação confirma solução de entrave

Na quinta-feira (21), o vereador José Carlos Porsani (PSDB) esteve na Secretaria de Educação para discutir demandas com a titular da pasta, Clélia Mara dos Santos. “Alguns munícipes têm me procurado cobrando pressa em determinadas questões, principalmente em relação à contratação de professores aprovados no último concurso da Prefeitura, por isso me pareceu importante conversar pessoalmente com a secretária, para dar informações corretas”, explica o parlamentar.

“Começaremos a convocar os aprovados em breve”, informa a secretária. O concurso 01/2017 estava sendo discutido no Ministério Público, que questionou títulos de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) que não haviam sido computados para pontuação de alguns candidatos. “A questão foi solucionada, todos os títulos stricto sensu ligados à área de Educação serão considerados”, esclarece, acrescentando que não haverá necessidade de reposição de aulas, dado que as turmas foram atendidas por professores efetivos, com pagamento de horas extras, e que a convocação será realizada após a homologação do resultado final, sem citar uma data específica.

Outro ponto discutido entre o vereador e a secretária foi a possibilidade de inserir um “Programa de Orientação e Teste Vocacional” na rede pública de ensino na transição entre o ensino fundamental e o ensino médio. “Seria um auxílio para o jovem descobrir quais são os seus interesses e aptidões profissionais”, justifica Porsani. Clélia considera a medida mais adequada para a rede de ensino estadual. “A nossa área de atuação se encerra no ensino médio, quando as crianças ainda têm de 9 a 10 anos de idade, é muito cedo para falar em profissionalização. Mas a ideia é interessante, e poderia ser levada à Direção Regional de Ensino, que cuida do nível médio, fase em que os adolescentes começarão a pensar no seu futuro profissional”, sugere.

Porsani também levou à Secretaria uma demanda do projeto “SOS Bombeiros no Resgate da Cidadania”, iniciativa do Corpo de Bombeiros em parceria com o Lar Escola Redenção, que atende crianças entre 9 e 14 anos para a realização de atividades educacionais, esportivas e artísticas no contraturno escolar. “O pessoal do projeto está querendo saber se o CER ‘Eloa do Valle Quadros’ pode doar quatro suportes para lixeiras e um quadro branco que, segundo ficaram sabendo, não estão mais em uso”, diz Porsani. Após consultar os responsáveis, a secretária informou que havia um parecer favorável relativo às lixeiras, mas que ainda aguardava resposta sobre o quadro.

Por fim, o vereador apresentou à secretária uma sugestão de trabalho educativo relacionado à prevenção da dengue. “Seria uma espécie de gincana nas escolas, com uma premiação simples, como bolas ou outros brinquedos. O objetivo é fazer as crianças levarem a ideia para casa, envolverem também os pais”, explica Porsani. Clélia aprovou a sugestão: “Embora já estejamos desenvolvendo atividades nesse sentido desde o início do ano, tudo o que motiva as crianças é bacana. Boas ideias são sempre bem-vindas.” O parlamentar encaminhará a sugestão à Prefeitura na forma de indicação.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *