Programação da Consciência Negra continua esta semana

Depois das comemorações no final de semana com o feriado da Consciência Negra, a Prefeitura de Araraquara, por meio da Coordenadoria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, vinculada à Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular, prossegue com as atividades que finalizam a programação. Duas atividades culturais serão realizadas para encerrar os eventos do mês, que trazem o tema “por uma sociedade sem racismo”.

Sexta (27), às 18 horas, tem “Sexta das Divas” no Centro de Referência Afro Mestre Jorge. O evento promove um happy hour cultural e estético, onde as participantes podem aproveitar diversas dicas de profissionais, como: maquiagem para pele negra, dicas para cabelos afros, oficina de turbantes, sessão de fotos, manicure temática, sobrancelha e estética em geral. Ainda, pela primeira vez, haverá roupas e bijuterias específicas com a temática afro da grife “Rainha Nagô”.

O evento tem o apoio do Sindicato dos Têxteis e é aberto quaisquer interessados, sem necessidade de inscrição prévia. Vale lembrar que, para a oficia de turbante, os participantes devem levar tecido de malha, algodão ou tactel.

Já no domingo (29), às 17 horas, será realizada a Festa “Samba Black Eu Sou – Festa pra Família”, na ACAAAR, localizada à Rua Bahia, na Vila Xavier. A festa terá como convidados os grupos Jeito Simples e Porakazzo, além de DJ’s. Ainda, o evento contará com comidas típicas e recreação infantil. Os ingressos estão sendo vendidos na própria ACAAAR (fone:3472-4521) ou pelos promoters (facebook.com/toppsamba), no valor de R$ 15,00 antecipadamente.

Vale destacar que na sexta (dia 20), a programação contou com a realização da 9ª Marcha da Consciência Negra e Marcha das Mulheres Contra a Violência, que saiu do Parque Infantil, localizado na área central da cidade, com destino até a Prefeitura, onde foi realizada a apresentação de atividades culturais – como maracatu e intervenção poética – além do show de encerramento com a cantora Mara Nascimento. Já no domingo (22), na Praça das Bandeiras, foi realizada uma roda de conversa sobre racismo, com mediação da coordenadora de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Alessandra de Cássia Laurindo.

“Vivemos um momento importante da luta por um Brasil com soberania, com desenvolvimento social e econômico, sem racismo, discriminação, homofobia, machismo e intolerância religiosa. A Marcha buscou um novo Brasil, sem preconceito e discriminação de qualquer natureza, que reconheça a voz das mulheres”, defendeu a coordenadora de Políticas de Promoção da Igualdade Racial.

Todas as atividades do mês da Consciência Negra são uma realização da Coordenadoria vinculada à Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular.

Tadeu Queiróz - Jornalista PMA
Fotos: João Carlos

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *