Proposta defende oferta de Teste da Bochechinha pela rede pública de saúde 

Proposta defende oferta de Teste da Bochechinha pela rede pública de saúde 

Para vereador João Clemente (PSDB), iniciativa pode prevenir mais de 300 doenças


Disponível apenas na rede privada, o Teste da Bochechinha é um exame genético capaz de detectar, precocemente, mais de 340 doenças raras, silenciosas e tratáveis em bebês. Sua oferta pela rede pública de saúde municipal foi sugerida, ao Poder Executivo, pelo vereador João Clemente (PSDB), por meio da Indicação nº 3825/2021, protocolada no dia 03 de setembro.

“O Teste da Bochechinha, triagem neonatal genética, complementa o Teste do Pezinho, podendo detectar de forma precoce mais de uma centena de doenças tratáveis. Muitas vezes referidas doenças se instalam de forma silenciosa na primeira infância da criança, e, sendo elas diagnosticadas na fase de bebê, podem garantir tratamento precoce e efetivo”, defende Clemente.

O exame, que dura cerca de um minuto, pode ser feito desde o primeiro dia de vida da criança e é indolor. Para realizar a coleta, o bebê deve ficar 30 minutos em jejum completo, sem ingerir alimentos e líquidos ou inserir quaisquer objetos na boca, como chupeta ou mordedor. Após a coleta do swab (um cotonete que é esfregado na mucosa oral), a amostra é encaminhada ao laboratório, onde o DNA é isolado, sequenciado e analisado por especialistas.

Pelo teste, é possível identificar, mesmo antes dos sintomas, doenças neurológicas, imunológicas, hematológicas, renais, endócrinas, gastrointestinais, hepáticas, pulmonares, oftalmológicas, além de neoplasia, surdez e erros inatos do metabolismo.

| IDNews® | Brasil | Assessoria de Imprensa | Câmara Municipal de Araraquara

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *