PSC ofereceu R$ 20 mil a jovem que denunciou Feliciano

PSC ofereceu R$ 20 mil a jovem que denunciou Feliciano   
Jovem contou que não aceitou o dinheiro; assessor disse que ela impôs condições ao pagamento
9:11| 10/08/2016
Patrícia Lélis

A estudante de jornalismo Patrícia Lélis, 22 anos, acusou o deputado federal e pastor Marco Feliciano de assédio sexual, agressão e tentativa de estupro. Em entrevista coletiva na segunda-feira no Senado, a jovem relatou que o PSC ofereceu dinheiro para comprar o seu silêncio, mas a vítima negou a oferta e não soube revelar o valor exato oferecido.

O assessor do PRB Emerson Biazon, que acompanhou Patrícia em visita a São Paulo, para encontrar com Talma Bauer, chefe de gabinete de Feliciano, informou que o valor oferecido foi de R$ 20 mil.

Segundo o Bahia Notícias, Biazon relatou à polícia que acompanhava a estudante em sua visita a São Paulo. Ele revelou que recebeu R$ 20 mil de Bauer para entregar a Patrícia, que segundo ele, aceitou receber dinheiro para inocentar Feliciano.

Ainda de acordo com o assessor, a jovem teria pedido para ele repassar o valor para a conta de um amigo em comum, para que o valor fosse repassado em parcelas mensais, de forma a não levantar suspeitas da mãe dela.

Biazon alega que recusou a proposta e que entregaria diretamente o dinheiro.

Noticias

 

 

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *