PSDB deve ficar de fora de eventual governo Temer

PSDB deve ficar de fora de eventual governo Temer, a justificativa é que dessa forma, o partido não corre o risco de entrar em uma embarcação que pode naufragar
10:07| 22/04/2016
Política | PSDB

Dia 3 de maio será a reunião da Executiva Nacional do PSDB e é possível que após o encontro, seja fechada a não participação do partido no governo Michel Temer (PMDB). De acordo com a Folha de S. Paulo, Deputados da legenda defendem que os tucanos apoiassem, mas não aderissem o possível governo.

A justificativa é que dessa forma, o partido não corre o risco de “entrar em uma embarcação que pode naufragar”, o que colocaria em fisco o projeto tucano para o país. O PSDB três nomes dispostos a concorrer à Presidência em 2018: o presidente nacional, senador Aécio Neves (MG), o governador Geraldo Alckmin (SP) e o também senador José Serra, este último cotado para integrar o governo Temer.

Na noite desta quinta-feira (21) governadores tucanos engrossaram publicamente o discurso que vinha sendo repetido nos bastidores, defendendo que o PSDB não tenha cargos no provável governo Michel Temer. “Não há necessidade de ocupar cargos”, afirmou Beto Richa.

O governador Pedro Taques (MT) também reiterou a possível posição do partido. “Sou contra ter cargos. Acho que podemos apoiá-lo no Congresso Nacional em cima de propostas. Lutamos pelo impeachment, não podemos deixá-lo só”, disse Taques.

Noticias

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *