Quadrilha de Cabral usou 15 contas bancárias, em sete países

Quadrilha de Cabral usou 15 contas bancárias, em sete países
Segundo o Ministério Público Federal, grupo movimentou US$ 100,1 milhões no exterior

09MAR2017| 7:01
Sérgio Cabral

Quinze contas bancárias, em sete países, foram utilizadas pela organização criminosa montada pelo ex-governador do Rio Sérgio Cabral, para guardar o dinheiro desviado dos cofres públicos ou recebidos de empresas em forma de propina.

Haviam postos na Suíça, Bahamas, Mônaco, Luxemburgo, Estados Unidos, Holanda e Andorra.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), a quadrilha movimentou US$ 100,1 milhões no exterior, o equivalente a R$ 318 milhões. Também foram ocultados fora do país quantias em diamantes e em ouro. As informações são de O Globo.

Na quarta-feira, Cabral se tornou réu pela sexta vez na Operação Lava-Jato. Nessa quarta-feira (8), a força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro denunciou pela sexta vez o ex-governador, desta vez pelos crimes de evasão de divisas, lavagem de dinheiro e corrupção passiva. A denúncia inclui ainda outros seis investigados, incluindo o doleiro Vinícius Claret, conhecido como “Juca Bala” e preso na última sexta-feira (3) no Uruguai.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *