Romário trocou voto no impeachment por cargo

Romário trocou voto no impeachment por cargo  
Mara Gabrilli atacou o senador Romário por ter indicado a ex-deputada Rosinha da Adefal para a Secretaria da Pessoa com Deficiência
8:19| 23/06/2016
Barganha 

A deputada Mara Gabrilli não aprovou a nomeação da ex-deputada Rosinha da Adefal para a Secretaria da Pessoa com Deficiência.

A coluna de Lauro Jardim, no jornal O Globo, diz que Mara considera que a nomeação – publicada na segunda-feira (20) no Diário Oficial da União -, foi um acordo do Palácio do Planalto com o senador Romário em troca do voto dele no impeachment de Dilma Rousseff.

“Romário trocou o voto no impeachment por este cargo. Ele, que se diz honesto, está fazendo o jogo mais podre da política. Fez barganha de voto. Foi ao Palácio do Planalto, pediu o cargo e depois disse publicamente que poderia votar a favor de Dilma. Logo depois, como recompensa, a indicada dele se torna secretária”, afirmou a deputada.

Além disso, Mara coloca em xeque o envolvimento de Romário com a causa das pessoas com deficiência. “Ele é um militante porque tem uma filha com síndrome de Down. Mas não é um militante técnico, não tem conhecimento aprofundado sobre o assunto. Quando se pergunta uma coisa para ele, ele não sabe. Romário usa a causa das pessoas com deficiência para autopromoção”, acusou.

Ainda segundo a publicação, Mara também atacou Michel Temer. “Ao aceitar esse tipo de jogo, o presidente mostra pouca sensibilidade para a causa das pessoas com deficiência. É lamentável”, frisou.

Noticias

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *