Segurança morto em tiroteio em shopping de luxo no Rio tinha 4 filhos

Ele era morador de Nova Iguaçu, a 38 km da capital, e deixou quatro filhos. Na tarde deste domingo (26), o corpo ainda estava no IML (Instituto Médico Legal).


 O segurança morto durante um assalto a uma joalheria no Village Mall, shopping de luxo na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, foi identificado como Jorge Luiz Antunes, 49. Ele era morador de Nova Iguaçu, a 38 km da capital, e deixou quatro filhos. Na tarde deste domingo (26), o corpo ainda estava no IML (Instituto Médico Legal).

Em nota Village Mall lamentou de Antunes, a quem chamou de colaborador, afirmou que se solidariza com o momento difícil da família. O estabelecimento diz que está prestando apoio aos parentes.

Procurada pela reportagem, a administração do shopping não soube informar se a vítima fazia parte do quadro regular de seguranças do local e o tipo de contrato.

Segundo a assessoria de comunicação do Village Mall, a administração está colaborando com as autoridades e “espera que a polícia resolva esse triste acontecimento”.

A Polícia Civil ainda busca os assaltantes que invadiram a joalheria Sara. A loja não informou os valores das peças roubadas.

De acordo com a Delegacia de Homicídios da Capital, as investigações estão em andamento para identificar e localizar os envolvidos no crime.

Após o tiroteio, a área comercial e gastronômica do shopping abriu normalmente neste domingo.

Lojas e restaurantes tiveram que fechar as portas no início da noite de sábado após a intensa troca de tiros. Nas redes sociais, pessoas relataram que houve pânico e correria.

Em uma das imagens, é possível ver o momento em que os criminosos tentam fugir pelos corredores do shopping. Uma mulher foi feita de refém por um dos assaltantes.

De acordo com relatos na internet, os clientes e funcionários se assustaram com o barulho de mais de trinta disparos e houve correria enquanto tentavam se esconder dentro das lojas.

A Polícia Militar diz que 12 assaltantes participaram da ação. Equipes do 31° BPM (Recreio dos Bandeirantes) foram acionadas para checar a ocorrência. Chegando ao local, os policiais encontraram um segurança atingido e aparentemente já morto, segundo a corporação.

O shopping foi fechado após o tiroteio, no início da noite de sábado, e a área foi isolada para perícia. A joalheria Sara, onde ocorreu, declarou que irá colaborar com a investigação.

| IDNews® | Folhapress | Via NMBR |Brasil

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.