Segurança pública em Araraquara é tema de audiência na Câmara

Segurança pública em Araraquara é tema de audiência na Câmara
O comandante do 13º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I), Tenente coronel Adalberto José Ferreira, destacou a…

09JAN2018|  7:02 -  IMPRENSA CAM - Foto: ©Câmara Municipal de Araraquara

Para permitir que a população leve até as instituições seus anseios para melhoria da segurança e debater meios de prevenção e repressão aos casos de violência ocorridos em Araraquara, a Câmara Municipal realizou uma audiência pública na noite de quinta-feira (08).

Segundo o vice-presidente da Casa de Leis e autor da iniciativa, vereador Tenente Santana (MDB), “o objetivo é incentivar o debate sobre o tema, aproximar a população das entidades que cuidam da segurança pública e discutir a adoção de medidas que possibilitem a melhoria da segurança do município”.

 O comandante do 13º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I), Tenente coronel Adalberto José Ferreira, destacou a importância do debate e passou a palavra para o comandante da 1ª Cia de Policiamento do 13º BPM/I, Capitão Rogério dos Reis, que apresentou diversos números, explicou a atuação da Polícia Militar no município e lembrou vários fatores que influenciam o trabalho. “Falta de energia, crescimento populacional e aumento da frota de veículos trazem problemas para a segurança pública”, exemplificou. Ele também citou os objetivos da instituição, como valorização do policial militar, desenvolvimento da gestão pela qualidade, redução dos índices criminais, consolidação da polícia comunitária e gestão pelo conhecimento.

De acordo com os dados apresentados pelo 13º BPM/I, a atuação diária em Araraquara envolve 48 policiais militares, 16 viaturas de quatro rodas e nove viaturas de duas rodas, com atendimento 190 pelo Copom – Regional Ribeirão Preto.

 Representando o delegado seccional da Polícia Civil de Araraquara, Fernando Luiz Giaretta, o vereador Dr. Elton Negrini (PSDB) enfatizou que “segurança pública é problema social e envolve políticas sociais. Araraquara é diferenciada, há muita troca de informações entre as polícias civil e militar e a Guarda Municipal. O cidadão deve sempre informar, cobrar e auxiliar a polícia”.

Para o secretário municipal de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, Coronel João Alberto Nogueira Júnior, muitas ações importantes foram realizadas ao longo de 2017, como o videomonitoramento, que tem auxiliado bastante esse trabalho integrado entre as instituições de segurança pública do município, e o investimento nas câmeras de segurança espalhadas pela cidade. “Temos a previsão de contratar mais guardas civis municipais, além de mais 10 viaturas para a Guarda Municipal até o meio do ano”, frisou.

Representando o Corpo de Bombeiros de Araraquara, o Tenente Elder Correa Mortatti salientou que são realizadas diversas atividades de orientação e prevenção nas escolas, e garantiu: “com o sistema que temos, estamos sempre preparados para tudo”.

 Estiveram presentes na audiência o presidente do Legislativo, Jéferson Yashuda Farmacêutico (PSDB), os vereadores Cabo Magal Verri (MDB), Lucas Grecco (PSB), Rafael de Angeli (PSDB) e Juliana Damus (PP), o comandante da 3ª Cia de Policiamento do 13º BPM/I, Capitão Ricardo Domingos Júnior, a coordenadora da Guarda Municipal, Juliana Záccaro, e o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Araraquara (Sincomercio), Antonio Deliza Neto.

 Fotos: https://flic.kr/s/aHskBKjsZR

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *