Sessão Cidadã debate implantação de aplicativo de transporte público em Araraquara

Sessão Cidadã debate implantação de aplicativo de transporte público em Araraquara  
Charles explicou o funcionamento do aplicativo, que informa rotas, pontos e horários de ônibus, além de trajetos a pé, a fim de facilitar o deslocamento de usuários do transporte público
8:09| 29/07/2016
Transporte Público

A Câmara Municipal realizou nesta quinta-feira, 28 de julho de 2016, a 8ª Sessão Cidadã. O orador da Sessão foi Charles Vinícius dos Santos Cruz, estudante do segundo ano do curso de Administração Pública da Unesp de Araraquara. Charles, que é bolsista do Programa de Educação Tutorial (PET) da Unesp, discorreu sobre o tema “Mobilidade urbana: aplicativo Moovit, a implantação do aplicativo Moovit em Araraquara.

Charles explicou o funcionamento do aplicativo, que informa rotas, pontos e horários de ônibus, além de trajetos a pé, a fim de facilitar o deslocamento de usuários do transporte público. O Moovit está ativo na cidade desde janeiro e já conta com 12 mil usuários. A equipe de edição dos dados relativos a Araraquara – composta por Charles e os também estudantes Renan Chibana, Eric Chibana, de Administração Pública e Renan Coelho, de Psicologia (Uniara) – pretende ampliar as ferramentas atualmente disponíveis. O projeto de expansão do serviço envolve a conexão com o GPS dos ônibus públicos, de modo a obter dados em tempo real, um atalho para um planejador de viagens no site da CTA para o uso de qualquer morador, independentemente do aplicativo, e a instalação de um quadro de horários no terminal de ônibus com previsões de chegada. “Para nós, é muito valioso o envolvimento do poder público, inclusive Prefeitura e Câmara Municipal, para ajudar no diálogo com a Controladoria e na divulgação do projeto”, explicou Charles.

Moovit

O Moovit atende a 40 milhões de usuários em cerca de mil cidades de 65 países. Com a missão declarada de possibilitar que usuários do transporte público de todo o mundo colaborem para ter um impacto positivo sobre o cotidiano dos trabalhadores e estudantes pendulares, o aplicativo reúne milhares de voluntários motivados que inserem informações em tempo real sobre o trânsito público em suas cidades. No Brasil, o país que mais utiliza o aplicativo, o serviço está presente em 68 cidades e conta com 10 milhões de usuários. O aplicativo está disponível para plataformas Android, iOS e WindowsPhone.

Com o uso do Moovit, é possível receber diretamente no celular rotas e horários de ônibus, além de opções de percursos entre um ponto de saída e um de chegada. As informações são fornecidas tanto para trajetos a pé quanto para a utilização do transporte público. Os passageiros podem enviar informações em tempo real sobre horários, atrasos, incidentes e ruas interditadas, de modo que os outros usuários possam programar com mais precisão o tempo de deslocamento para seus compromissos. O passageiro é informado até mesmo sobre o ponto em que deve desembarcar.

Até janeiro, Araraquara não estava entre as cidades atendidas pelo aplicativo. Embora seja gratuito, é necessário que uma equipe de colaboradores insira os dados relativos a cada cidade. Foi o que fez o grupo de estudos de Charles, inspirado por um trabalho da faculdade que tinha por objetivo apresentar projetos que melhorassem a vida da população. “Quisemos ir além do trabalho acadêmico e implantá-lo na cidade. Nossa pesquisa mostrou que a população sentia a falta desse tipo de informação. Temos universidades, muita gente de fora que não conhece a cidade e não sabe se locomover”, contou Charles.

Um ano inesquecível

Com apenas 20 anos de idade, Charles Vinícius já entrou para a história de Araraquara em pelo menos dois momentos de destaque. O primeiro foi em janeiro, quando ajudou a implantar o aplicativo Moovit com os amigos Renan e Eric. O segundo, inegavelmente marcante, ocorreu no dia 18 de julho, quando foi o condutor número 22 da Tocha Olímpica durante o percurso araraquarense do revezamento. “Foi emocionante demais”, contou.

A participação decorreu do reconhecimento da importância de sua história de superação. “Vim de uma cidade do interior de Minas, onde a educação é muito precária, e precisei me esforçar muito para conseguir entrar na Unesp.” As dificuldades o levaram a refletir sobre os problemas enfrentados pela população. Não por acaso, Charles escolheu o curso de Administração Pública e já começou a compartilhar com a população araraquarense os primeiros frutos dos seus estudos.

IDNews-Usa_Portal

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *