Sete funcionários da Vale são presos em investigação sobre Brumadinho

| IDNews | Via Notícias ao Minuto  | Foto: © Reuters

Operação ocorre em Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro; nº de mortos identificados chegou a 163

Sete funcionários da Vale foram presos na manhã desta sexta-feira (15) em uma investigação sobre o rompimento da barragem de Brumadinho, segundo informações do “Bom Dia Brasil”. Por volta das 9h, uma oitava pessoa é procurada.

A operação está sendo feita em Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. Doze mandados de busca e apreensão e oito de prisão estão sendo cumpridos.

Um dos alvos da operação, Alexandre de Paula Campanha, foi preso em casa, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Em depoimento à polícia, o engenheiro Makoto Namba, que trabalha para a TÜV SÜD, disse que se sentiu pressionado por Campanha a assinar o laudo de estabilidade da barragem de Brumadinho.

O número de mortos identificados subiu para 163 nesta quinta. O número de desaparecidos caiu, mas ainda é de 147 pessoas. Já o número de mortes confirmadas se manteve em 166.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *