Sistema de Emergência para Pessoas com Deficiência Auditiva e na Fala

O Comandante do 13º BPM/I, Tenente Coronel PM Ziul Martins Rodrigues, vem por meio desta levar ao conhecimento dos nobres profissionais de imprensa e, paralelamente, solicitar ampla divulgação da inovadora ferramenta de emergência que garante o atendimento emergencial às Pessoas com Deficiência – PcD Auditiva ou na Fala.

De acordo com a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, existem cerca de 1,9 milhões de pessoas com deficiência auditiva no Estado de São Paulo, das quais apenas 90 mil se declaram surdas. A ideia do sistema de mensagens surgiu em 2011, quando a Polícia Militar do Estado de São Paulo, pensando nesta parcela da população, visualizou a necessidade de criar uma maneira acessível para os chamados das PcD, que sempre precisavam de outra pessoa para auxiliar no pedido ou solicitação de ajuda.

Sendo assim, a PMESP procurou parcerias e firmou com a Agência Nacional de Telecomunicações e com as operadoras de telefonia celular um atendimento gratuito, assim como é nas ligações de emergência convencionais.

O Sistema de Emergência para Pessoas com Deficiência Auditiva ou na Fala, denominado E-SMS, facilitará o acesso da população surda ao serviço de emergência do 190 e 193, respectivamente Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, via mensagem de texto gratuita (SMS).

Para tanto, será necessário que as PcDA compareçam a qualquer Unidade Policial Militar para que um Policial Militar realize o cadastro no sistema ficando, de imediato, liberado o uso do E-SMS.

Para que seja atendido, a PcD enviará uma mensagem de texto para os números de emergência 190 ou 193, sendo essas mensagens direcionadas para o Centro de Operações da Polícia Militar – COPOM, o qual possui, diuturnamente, uma equipe especializada com atendimento personalizado no trato com este público, a qual irá interagir com o solicitante em uma conversa estilo “chat”,  munindo-se de informações e, paralelamente, gerando um “Aviso de Ocorrência” no Sistema de Atendimento e Despacho. Ao término do levantamento de dados feito pelo Policial Militar atendente, será encaminhado, “on line”, a solicitação ao município ou a área responsável para o atendimento, realizado pela Equipe PM.

A partir de 30 de novembro, próxima Segunda-feira, durante horário comercial, todas as Unidades Policiais Militares relacionadas abaixo estarão aptas a receberem as PcD para serem cadastradas e poderem fazer uso desta ferramenta.

  • Araraquara – Sede do 13º BPMI, Avenida Jorge Biller Teixeira, 519, Vila Ferroviária;
  • Boa Esperança do Sul – Rua José Bonifácio, 481, Centro;
  • Gavião Peixoto – Alameda Piccolo, 76, Centro;
  • Trabiju – Rua Sebastião, 317, Centro;
  • Taquaritinga – Avenida João Di Jorge, 111, Vila Rosa;
  • Cândido Rodrigues – Rua São Paulo, 566, Centro;
  • Fernando Prestes – Rua Estélio Machado Loureiro, 361, Centro;
  • Borborema – Rua da Saudade, 36, Vila Maria;
  • Santa Ernestina – Rua Vinte e Um de Março, 327, Centro;
  • Itápolis – Rua Pedro Neto, 1710, IV Centenário;
  • Santa Lúcia – Rua Bento de Abreu, 904, Centro;
  • Rincão – Avenida Prudente de Morais, 158, Centro;
  • Américo Brasiliense – Avenida Toledo de Pizza, 61, Centro;
  • Motuca – Rua Adolfo Thomaz de Aquino, 430, Centro;
  • Dobrada – Rua Capitão Alberto Mendes Júnior, 720, Centro;
  • Nova Europa – Rua Imigrantes, 110, Centro;
  • Tabatinga – Rua Dário Rodrigues Lozada, 121, Centro;
  • Matão – Rua Rui Barbosa, 580, Centro;
  • Ibitinga – Rua Júlio Fernandes Vasques, 348, Jardim Centenário.

 “Polícia Militar: compromisso com o cidadão.”
Quartel em Araraquara, 27 de novembro de 2015.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *