Sistema de Ensino do SESI é abordado por técnicos especializados na Tribuna Popular

Sistema de Ensino do SESI é abordado por técnicos especializados na Tribuna Popular

Na 131ª sessão ordinária da Câmara Municipal de Araraquara, realizada nesta terça-feira, 03 de novembro, a Tribuna Popular foi ocupada pela Secretária Municipal de Educação, Arary Ferreira, quando abordou o tema “Sistema de Ensino do SESI”.

A secretária trouxe especialistas para discorrer sobre o assunto levantado na sessão de 29 de setembro deste ano “para não ficar nenhuma dúvida”.

Karina Stefanin, Supervisora Técnica do Sistema Sesi elencou os questionamentos e em seguida apresentou as respectivas respostas.

1º – O material didático do município seria incompleto. No SESI o aluno receberia 1 livro didático, 1 livro de textos, 1 minigramática completa e 1 dicionário. Para os alunos do município só chegam dois livros, o de textos e o livro didático, sendo que não há nada de gramática.

R: O material didático do Sistema SESI-SP de Ensino é composto dos livros Movimento do Aprender e Muitos Textos. O mesmo material didático entregue nas escolas do SESI é entregue nos municípios parceiros.

2º – O livro de História tem quase 100 pesquisas o que torna inviável para um aluno de 10 anos fazer pesquisa; ele tem textos inadequados para a idade dos alunos, tem até literatura grega e cartas da Clarice Lispector para o marido.

R: O material didático do SESI-SP favorece a construção da Proposta Educacional alicerçada no desenvolvimento de habilidades e competências dos estudantes através dos conteúdos curriculares, oferecendo-lhes a possibilidade de desenvolvimento das potencialidades como pesquisadores e construtores de seus saberes. Os professores são orientados que, ao realizar o levantamento de conhecimentos prévios dos alunos, ajustem a quantidade de pesquisa de cada Unidade trabalhada, à lição de casa e aos usos de outros espaços.

3º – O material didático não passa pela regulamentação do MEC.

R: Trata-se de uma publicação oficial devidamente registrada e elaborada seguindo toda a padronização internacional de publicação.

4º – O sumário do livro do 5º ano tem apenas o título dos capítulos, ou seja, a criança e o professor não sabem o que vai ser trabalhado.

R: O Sistema SESI-SP de Ensino possui proposta educacional própria, expressa no Referencial Curricular da Rede Escolar SESI-SP por meio da expressão de valores, experiências, prática educacional, fazeres e propostas de soluções, vivenciadas ao longo de sua trajetória educacional, visando a melhoria da qualidade de ensino e aprendizagem.

5º – Os textos não condizem com a faixa etária; a linguagem e a temática são inadequadas.

R: Esse material pressupõe um trabalho ativo do professor como protagonista de sua ação. Os textos podem ser trabalhados com roteiros e estratégias de leitura. Contudo, é um material que exige que o professor planeje suas aulas e estratégias.

O Supervisor Administrativo do Sistema SESI, Marco Antônio Lopes Torres, veio de São Paulo para também acompanhar a explanação feita por Karina Stefanin.

Ao final Arary disse que sua pasta está à disposição para dirimir qualquer dúvida sobre esse, ou qualquer outro assunto relacionado a educação, pois “ estamos investindo para que nossos alunos, nossas joias, se apropriem do conhecimento através do material do sistema SESI”.

Câmara Municipal
Setor de Comunicação

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *