STF julga no próximo dia 13 habeas corpus de Joesley e Saud

STF julga no próximo dia 13 habeas corpus de Joesley e Saud
Eles estão presos desde setembro, acusados de omitirem informações aos investigadores da Lava Jato

30NOV2017|  15:47 - Pautra   - Foto:  © Marcelo Camargo/Agência Brasil

Oempresário Joesley Batista, dono da JBS, e o executivo do grupo Ricardo Saud devem ter julgados, pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), os habeas corpus impetrados pelos seus advogados.

 Eles estão presos desde setembro, acusados de omitirem informações aos investigadores da Lava Jato, durante depoimentos de colaboração premiada. A decisão sobre o pedido de liberdade caberia a Edson Fachin, relator do caso na Corte, mas ele resolveu submeter a palavra final ao plenário.

Tanto Josley quanto Saud afirmam que não agiram de má-fé ao evitarem falar sobre as conversas que mantiveram com o ex-procurador Marcelo Miller. Também afirmam que ele foi contratado como advogado e não havia dúvidas quanto à sua idoneidade, segundo informações do portal G1.

Joesley, inclusive, alega que não foi informado por Miller sobre qualquer impedimento relacionado à atuação dele na defesa dos então delatores.

Marcelo Miller é acusado de prestar serviços aos executivos enquanto ainda integrava a equipe do procurador-geral da República à época, Rodrigo Janot.

No processo, a atual procuradora-geral da República, Raquel Dodge, opinou contra a liberdade, alegando risco de que Joesley e Saud voltem a cometer crimes e de prejuízo às investigações.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *