Suspeito de matar soldado é preso enquanto buscava ajuda médica

Suspeito de matar soldado é preso enquanto buscava ajuda médica
Homem foi surpreendido com uma prisão em flagrante por agentes da Polícia Civil, sob suspeita de matar um soldado da Polícia Militar

8:12 |HOSPITAL/AJUDA MÉDICA | 2018MAI12 | 

Ao buscar atendimento médico para tratar de um ferimento provocado por um tiro, Antonio Carlos Faustino Mattos, de 21 anos, foi surpreendido com uma prisão em flagrante por agentes da Polícia Civil. Ele é suspeito de assassinar o soldado da Polícia Militar Wesley Valentino de Lima na tarde da última sexta-feira (11), durante uma tentativa de roubo de carga na Baixada Fluminense (Rio de Janeiro), na Rua Coronel Mota, em Coelho da Rocha.

Segundo relata o jornal Extra, a vítima foi executada enquanto escoltava,  em seu veículo particular, um carro que transportava cigarros e tentou impedir o assalto. O soldado atuava na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Fé e Sereno. O suspeito de matar Wesley Valentino foi reconhecido por testemunhas e vítimas do assalto.

Entenda o caso

Na última sexta-feira (11), o soldado da Polícia Militar Wesley Valentino dirigia o seu carro pela Rua Coronel Mota quando suspeitou da ação criminosa. Ele teria tentado dar voz de prisão aos assaltantes, mas foi atingido por tiros. A vítima chegou a ser socorrida e levada ao Posto de Atendimento Médico (PAM) Meriti, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo o Extra, pelo menos 46 policiais foram mortos no estado do Rio apenas este ano.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *