TCC de Engenharia Agronômica da Uniara analisa implantação de uma horta sob a copa de uma árvore

TCC de Engenharia Agronômica da Uniara analisa implantação de uma horta sob a copa de uma árvore
Projeto de Victor Gonçalves Paganini, idealizado pela bióloga Mariana Crespo Mello, foi orientado pelo professor Adilson José Rocha Mello

25NOV2017 | 6:33   - Assessoria de imprensa da Uniara – Foto ©Uniara

O estudante do curso de Engenharia Agronômica da Universidade de Araraquara – Uniara, Victor Gonçalves Paganini, desenvolveu como Trabalho de Conclusão de Curso – TCC a “Implantação de uma horta no formato de mandala em espiral sob a copa de uma árvore na Chácara Flora, dentro da microbacia do córrego Ribeirão da Cruzes, Araraquara, SP”. O projeto, idealizado pela bióloga Mariana Crespo Mello, foi orientado pelo professor da graduação, Adilson José Rocha Mello.

Paganini e Mello explicam que o Sistema Mandala é uma produção agroecológica de baixo custo, sustentável, que utiliza e reutiliza insumos da propriedade com o reaproveitamento da água. “Isso favorece uma alimentação saudável, auxilia na renda devido às trocas ou à venda do excedente da produção, e resgata a diversidade das plantas produzidas, o que incentiva o uso de sementes e variedades regionais e adaptadas. Além disso, é um método livre do uso de agrotóxicos ou de qualquer defensivo agrícola, e de adubos químicos”, destacam.

Eles contam que o trabalho teve início em julho, quando esperavam as primeiras chuvas para fazerem o armazenamento da água que seria utilizada nos canteiros das alfaces. “Assim que realizamos o plantio das mudas, iniciamos as irrigações, feitas planta a planta, sem molhar as folhas. Foi interessante, pois a alface não tolera muito molhamento das folhas devido à possibilidade de doenças. Dessa forma, as irrigações realizadas no pé da planta, proporcionaram economia de água e uma condição de maior sanidade foliar”, detalham.

Como conclusões, o estudante e o docente apontam que as alfaces mais próximas ao tronco da árvore produziram 2,2 vezes mais folhas do que as alfaces que estavam na cauda da espiral, – “linha mais externa da espiral -, e o quadrante que mais produziu foi aquele voltado para o nascer do sol (Leste)”. “No dia a dia, no acompanhamento das irrigações e dos tratos culturais, retirando-se um ou outro galho que caía da árvore sobre as plantas de alface, era perceptível visualmente a diferença de vigor, de turgidez das plantas localizadas mais no interior da mandala em relação àquelas que se encontravam mais na sua periferia”, finalizam.

Informações sobre o curso de Engenharia Agronômica da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *