Três médicos tentaram reanimar brasileira morta após passar mal em voo

Três médicos tentaram reanimar brasileira morta após passar mal em voo
Ela chegou a ser levada para um hospital, mas não resistiu

02MAI2017| 12h55 - Catar

A brasileira Regina Dezani da Costa, 39 anos, que morreu após passar mal em um voo, quando viajava para a Tailândia, chegou a ser reanimada por três médicos, que não obtiveram sucesso.

Regina é natural de Votuporanga, São Paulo, e viajava de férias para o país. Ela chegou a ser encaminhada para um hospital no Catar, mas não resistiu.

Meiriane Aparecida Castilheri da Costa, cunhada de Regina, falou ao G1 sobre o caso.

“Ela foi a passeio para a Indonésia e depois ia visitar a Tailândia, mas antes de chegar ao Catar, pelas informações que recebemos da amiga dela que estava junto, a Regina começou a se sentir mal”, contou.

Segundo o Itamaraty, todo apoio foi prestado a família. Eles não confirmaram a causa da morte nem deram mais informações sobre o caso.

“Quando chegaram em Doha, a Regina recebeu cuidados mais minuciosos, mas como a amiga não é familiar há informações que eles não passam para ela.”

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *