Turista italiana morre em navio ancorado no Porto do Recife

Turista italiana morre em navio ancorado no Porto do Recife,  a equipe médica da embarcação relatou que foram feitos os procedimentos de ressuscitação, mas ela não resistiu.

Na última sexta-feira (11), a empresária italiana Maria Angela Donnoli Lapenta, de 77 anos, faleceu a bordo de uma embarcação que estava ancorada no Porto do Recife, mas a morte foi divulgada somente neste domingo (13) pela Polícia Federal.

Natural de Corleto Peticara, na Província de Potenza, a mulher foi encontrada em frente à enfermaria do navio, já com um quadro de parada cardíaca. A equipe médica da embarcação relatou que foram feitos os procedimentos de ressuscitação, mas ela não resistiu.

Segundo o site G1, policiais federais e civis estiveram no local, para perícia, a fim de confirmar a possível morte natural da empresária.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML). Ainda não há informações sobre o laudo, mas o corpo da italiana deve ser liberado até a terça-feira (15), segundo a PF.

A Polícia Federal acredita que, de fato, a morte foi natural, uma vez que o médico do navio já havia feito esse diagnóstico previamente. A PF aguarda a emissão dos laudos para poder concluir o inquérito, informou a publicação.

Notícias em Minuto

 

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *