Venezuela pode ter cometido crimes contra a humanidade

 Venezuela pode ter cometido crimes contra a humanidade
Alto comissário de direitos humanos pede investigação internacional

11SET2017|  7:26 - ALERTA - Foto: © Carlos Eduardo Ramirez/REUTERS

Zeid Ra’ad Al Hussein, alto comissário da Organização das Nações Unidas (ONU), declarou, durante a abertura da 36ª sessão do Conselho de Direitos Humanos, que a Venezuela pode ter cometido crimes contra a humanidade. “A minha investigação sugere esta possibilidade. Estou apelando ao Conselho dos Direitos Humanos da ONU para criar uma comissão internacional para investigar os casos de possível violação de direitos humanos na Venezuela”, apelou.

 O documento, baseado em 135 entrevistas com vítimas e familiares, testemunhas, jornalistas, advogados, médicos e membros do Ministério Público, registrou 124 mortes, 5.051 detenções arbitrárias e 1.958 casos de ferimentos relacionados às manifestações, desde que a Venezuela ficou mergulhada nos protestos antigovernamentais.

Apresentado no final de agosto, o relato traz denúncia do alto comissário sobre a erosão da democracia venezuelana. Hussein também estimulou o governo de Nicolás Maduro a buscar justiça para as vítimas e apelou, a todas as partes, para estabelecer um diálogo de maneira a lidar com a crise. Com informações da Sputnik News Brasil.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *