Vereador encontra, no mesmo local, abandono e agressão ao meio ambiente

Vereador encontra, no mesmo local, abandono e agressão ao meio ambiente
O vereador Elias Chediek (MDB) vem recebendo em seu gabinete diversas reclamações relacionadas ao aumento no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e no valor venal dos imóveis, considerado “abusivo”.

15FEV2018|  7:00   -  IMPRENSA CAM - Foto: ©Câmara Municipal de Araraquara

Nesta semana, foi verificar “in loco” a situação da proprietária de um imóvel localizado no Jardim Brasil, mais precisamente, no final do último quarteirão da Rua Sergipe.

Lilian Held reclama que seu IPTU subiu de R$ 1.000,00 em 2017 para R$ 1.800,00 em 2018. “Isso sem falar no valor venal, que saiu de pouco mais de R$ 196 mil para mais de R$ 571 mil. Não sei de onde tiraram esses valores, pois o meu terreno está sendo tragado pelo córrego que passa nos fundos. Tivemos até que derrubar uma casa que ficava às margens do riozinho”, disse, alarmada com a situação. Ela foi orientada a pedir uma revisão dos valores do seu IPTU e valor venal.

Em uma vistoria, no entanto, o que o parlamentar encontrou remonta a problemas muito mais graves. A água das chuvas está causando estragos nesse terreno e em uma área de preservação ao lado, mesmo com a instalações de tubulação de concreto, insuficiente para suportar a vazão. Além disso, deparou-se com uma agressão ao meio ambiente.

O vereador, acompanhado de um dos moradores das imediações, escalou um barranco de cerca de 10 metros de altura até o fundo do córrego, um afluente do Ribeirão do Ouro, e encontrou uma grande erosão, muito entulho e esgoto sem tratamento sendo despejado diretamente naquela nascente.

De um lado dá para ver os peixinhos, do outro, muita sujeira. “Essa é uma agressão ao meio ambiente, que deve ter uma atenção especial do setor responsável da administração pública”, afirmou Chediek.

O parlamentar vai solicitar uma visita dos responsáveis pelo Meio Ambiente e do departamento de Obras e Serviços, tendo em vista que além do despejo de esgoto, a laje de sustentação da tubulação está com a base comprometida.

“Precisamos de uma força tarefa pra resolver rapidamente a situação nesse local. É só observar mais atentamente que verificamos que tem lixo sendo depositado na área de preservação, as bocas de lobo estão entupidas, a água está produzindo erosão em uma das propriedades e um buraco enorme no meio do asfalto pode causar um acidente grave.”

Chediek vai encaminhar indicações ao Executivo solicitando a solução imediata dos problemas, e garante que vai acompanhar de perto o trabalho das equipes.

Fotos em: https://flic.kr/s/aHsmeeE2cW

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *