Vereadores avaliam proposta que pode liberar mais 350 mil para mais cirurgias

Vereadores avaliam proposta que pode liberar mais 350 mil para mais cirurgias
Em estudo também outros 350 mil para a Maternidade Gota de Leite e abertura de vagas de emprego na Assistência Social, Educação e Esportes

16SET2017|  6:49   -  IMPRENSA CAM - Foto: CÂMARA

Os Vereadores da Câmara Municipal de Araraquara avaliaram na tarde desta sexta-feira, propostas que podem liberar recursos para a contratação de serviços hospitalares, ampliando o número de cirurgias eletivas na cidade de média complexidade. São mais R$ 354.760,17. Lembrando que na Sessão Ordinária de 12 de setembro, foram liberados 1 milhão e meio de reais, que alimentarão um mutirão de exames e cirurgias de média a alta complexidade.

Outros 250 mil reais são para atendimento da compra de medicamentos gerais, para a manutenção das atividades da Maternidade Gota de Leite. A informação dada aos Vereadores é que a dotação destinada no orçamento é insuficiente para o ano todo. Mais 100 mil reais serão destinados a Rede Cegonha de Atendimento, também na Gota de Leite, para a compra de medicamentos para uso na UTI Neonatal.

Correção de problema na ETA Paiol

Apontamentos da Vigilância Sanitária e da Agência Reguladora ARES/PCJ, sobre o derramamento de água proveniente da lavagem de filtro e decantadores da Estação de Tratamento de Água ETA Paiol, na tubulação de galeria de águas pluviais, por parte do Departamento Autônomo de Água e Esgoto, levaram a autarquia a pedir a contratação de empresa especializada na elaboração dos projetos executivos do Sistema de Tratamento de Resíduos da estação. Esta água, sem nenhum tratamento preliminar, desagua no Córrego do Paiol. O recurso solicitado pelo DAAE é 225 mil reais. Os vereadores foram informados que em torno de 3% do volume de água captado é descartado após a limpeza do sistema, sem o devido tratamento. Este pedido também foi avaliado na reunião.

Projeto que pode criar mais 10 vagas de Assistente Social; 75 de Psicólogo, para diversas secretarias municipais; mais 5 de Fisioterapeuta; outras 150 de Agente Educacional nas unidades educacionais do município; 30 de Monitor de Educação Física e mais 20 de Orientador Desportivo; também foi estudado pelos Vereadores. Na justificativa do projeto está a explicação de que os números de vagas destes empregos públicos encontram-se defasados e não são mais suficientes para atender à crescente demanda municipal.

Outros projetos também foram objeto de análise na reunião, que considera diversos aspectos, entre eles, o resultado prático que a medida pode proporcionar. Na sequência, todos passaram pelos estudos das Comissões Permanentes da Câmara, que avaliam dos dispositivos técnicos e legais da aplicação de cada um dos projetos de Lei. Todos esses procedimentos, inclusive o debate da primeira reunião, podem se concluir com o envio dos projetos para votação, na Sessão Ordinária da próxima terça-feira, dia 19.

Fotos em: https://flic.kr/s/aHsm8NZHGX

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *