Vereadores de Araraquara pedem explicações ao DAAE

Os vereadores de Araraquara pedem explicações aos responsáveis pelo Departamento Autônomo de Água e Esgoto DAAE sobre a tragédia ocorrida na semana passada, onde o reservatório de água rompeu causando inúmeros prejuízos financeiros às casas do “em torno” , além de várias pessoas com problemas graves de saúde devido a ingestão de cloro e duas vítimas fatais, uma senhora de 81 anos de idade e sua sobrinha de 58 anos.

A vereadora Gabriela Palombo arguiu um dos responsáveis pelo DAAE, o engenheiro Alexandre Coan Pierri que na maioria dos quesitos ou ficou em dúvida ou não soube responder, veja a entrevista em vídeo.

  1. Gabriela pergunta sobre a alegação que o agente causador do problema foi um raio.
  2. Comenta que a incidência de raios é um problema comum no Brasil, e pergunta se a autarquia não tem um sistema prevendo isso.
  3. Fala sobre o reservatório que poderia continuar seu funcionamento dentro de determinadas regras segundo os laudos, e já passados alguns dias da tragédia não se sabe se havia corrosão.
  4. Pergunta em que consiste esse trabalho de manutenção feita pelo DAAE.

ENGENHEIRO ALEXANDRE COAN PIERRE

  • É feita uma vistoria visual estruturais em todos os reservatórios
  • Afirma que no reservatório rompido não foi feita essa vistoria
  • Fala que a comunicação do DAAE é feita via rádio para agilizar e diminuir os custos

Da Redação

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *