Agora é lei – Homem e mulheres devem ganhar o mesmo salário na Islândia

Agora é lei – Homem e mulheres devem ganhar o mesmo salário na Islândia
País foi pioneiro em adotar uma lei nacional de promoção social

30MAR2017| 7:53 – Bruna F. Rodrigues  - ANSA

Anunciada em 8 de março para celebrar o Dia Internacional da Mulher, a lei que torna a paridade salarial obrigatória na Islândia foi publicada hoje (28) no Diário Oficial. Agora, todas as empresas com mais de 25 funcionários deverão garantir os mesmos salários e benefícios, independentemente do sexo, origem étnica ou nacionalidade.

O ministro da Igualdade e de Assuntos Sociais da Islândia, Thorsteinn Viglundsson, declarou que o país pretende erradicar as diferenças salariais até 2020. “Este é o momento ideal para fazer algumas coisas radicais. Os direitos humanos são iguais para todos”, comentou. A nova legislação recairá tanto sobre empresas privadas quanto públicas na Islândia, país que já está na dianteira na luta por direitos iguais com normais como a exigência de ao menos 40% dos trabalhadores do sexo feminino em conselhos de empresas.

O país também foi considerado o melhor do mundo em paridade de gênero pelo Fórum Econômico Mundial por oito anos consecutivos. Na Suécia e no estado norte-americano de Minnesota são debatidas medidas semelhantes, mas não vinculantes a todas as empresas. (ANSA)

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *