Dois sírios acusados de crimes de guerra são detidos na Alemanha

Dois sírios acusados de crimes de guerra são detidos na Alemanha
Eles são suspeitos de serem membros do grupo terrorista Frente al-Nusra

 02MAR2017| 7:52
 Jornal Spiegel - AL

Dois sírios foram detidos na Alemanha sob acusação de crimes de guerra e assassinato de 36 pessoas na Síria, comunica o jornal alemão Spiegel.

Segundo o Spiegel, os sírios detidos na quarta-feira (01) foram identificados como Abdurahman A.A. e Abdulfatah H.A. Eles são suspeitos de serem membros do grupo terrorista Frente al-Nusra.

A Procuradoria Federal comunicou na quinta (02) que um dos detidos, Abdalfatah H.A., cometeu crimes de guerra matando 36 funcionários do governo sírio, junto com sua unidade da Frente al-Nusra, em março de 2013.

“Abdulfatah H.A. é suspeito de ter aderido à Frente al-Nusra em 2013 e…de ter morto 36 pessoas protegidas pela lei humanitária durante o conflito regional”, diz o comunicado.

Desde 2011, a Síria enfrenta um violento conflito civil entre forças do governo e diversos grupos de oposição do país, muitos dos quais são reconhecidos como terroristas. De acordo com a ONU, a guerra já provocou a morte de mais de 300 mil sírios. Com informações do Sputnik Brasil.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *