Em discurso, Bolsonaro acusa regimes comunistas de carrapatos e vermes

Em discurso, Bolsonaro acusa regimes comunistas de carrapatos e vermes, o político caracterizou o governo como “facção criminosa”
7:48|15/04/2016
Política

Após ABIN confirmar ameaça terrorista ao Brasil, o deputado federal Jair Bolsonaro, em tom especulativo, deu a seguinte declaração na Câmara dos deputados, na madrugada deste sábado (16) “Dilma, Lula e PT não entregarão o governo por votação na Câmara e no Senado. Para justificar a entrega ocorreria o ato terrorista. Tal ato justificaria o decreto já rascunhado pela presidente Dilma. As forças armadas seriam obrigadas a entrar, respeitar e tomar providências nas questões relacionados com o ´Estado de Defesa´. Os parlamentares, então, teriam um prazo de 10 dias para votar no decreto do Estado de Defesa”.

Bolsonaro acusou que imigrantes haitianos, senegaleses e cubanos, mesmo que não em sua totalidade, estariam aptos a defender o governo de maneira agressiva, “Gente disposta a fazer mais que o diabo para o PT não sair do poder”. Ele ainda afirmou que a “ditadura cubana é financiada com dinheiro de brasileiro”, e citou o programa “Mais Médicos”. “Alguém acha que o PT tá preocupado com pobre, com a saúde do povo brasileiro?”, após isso ele afirma que os regimes comunistas cubanos são “carrapatos” e “vermes”e que “não vão nos largar após uma simples votação desta casa.”

O político caracterizou o governo como “facção criminosa”. Sobre as manifestações marcadas para ocorrer no domingo (17), ele afirma preocupação enorme. “O cavalo de Troia está aqui dentro, para eles não existem limites, para nós é questão de lei. O Brasil está na eminência de entrar num banho de sangue. Esperem o pior”.

IDNews-Usa_Portal

Noticias

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *