Gilmar Mendes fala sobre Moro e diz que não há conspiração política

Gilmar Mendes fala sobre Moro e diz que não há conspiração política, não há conspiração, não faz nenhum sentido”, declarou o ministro sobre a oposição afirmar que há um plano contra o governo

Gilmar Mendes negou que o IV Seminário Luso Brasileiro de Direito, que será realizado até o dia 31 de março, fizesse parte de uma conspiração política.

Nesta terça-feira (29), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), comentou sobre o protesto organizado em frente à Universidade de Lisboa, onde ocorreu o evento, em ato pró-governo: “Não há conspiração, não faz nenhum sentido. Temos representantes da situação e também da oposição, como temos também pessoas de perfis doutrinários mais diversos. Mais à esquerda, mais à direita. Se trata de discutir, institucionalmente, academicamente, temas relevantes para Brasil e Portugal. Estamos discutindo de forma aberta, sem partir para o ideológico”.

Gilmar Mendes também comentou sobre a imprensa noticiar críticas feitas pelo ministro à Sérgio Moro em 2010, sobre um possível ‘abuso de poder’: “Mais que em 2010, já em 2013, Moro tinha negado em habeas corpus e a decisão dele foi correta, mas percebi que poderia haver um possível abuso de poder e enviei a matéria ao Conselho Nacional de Justiça, tendo em vista as condutas do juíz Moro, num processo criminal. Atualmente eu tenho dito que, naquilo que podemos avaliar, a conduta de Moro tem sido correta”.

O ministro concluiu afirmando que não está defendendo Sérgio Moro, somente fez uma avaliação sobre seu desempenho: ” As decisões que foram tomadas, isso faz parte dos processos judiciais. Eu não estava errado ontem, não estou errado hoje. É apenas a avaliação de fatos”, disse.

Noticias

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *