Justiça cassa mandato de ex-prefeito e verador do Rio Cesar Maia

Justiça cassa mandato de ex-prefeito e verador do Rio Cesar Maia
Parlamentar está com os direitos políticos suspensos por cinco anos e vai pagar multa de R$ 34.375

16:46| 25/08/2016
Cesar Maia

A Justiça decidiu cassar o mandato do ex-prefeito do Rio e atual vereador Cesar Maia (DEM). Segundo informações da coluna Justiça e Cidadania do jornal O Dia, o parlamentar terá direitos políticos suspensos por cinco anos e vai pagar multa de R$ 34.375.

A decisão e da 10ª Câmara Cível. Também foram condenados na ação José Carlos Ferreira de Sá e Américo da Costa Borges, ex-diretores da Riotur, e o escritório Saboya Advogados Associados.

Maia foi considerado culpado por autorizar contratação do advogado Paulo Eduardo de Araújo Saboya para defendê-lo sem licitação em 31 ocasiões. Saboya, que morreu há sete anos, era casado com uma irmã doex-prefeito e recebeu mais de R$ 220 mil pelos serviços.

O Ministério Público estadual defendeu que oito contratos foram fechados com Saboya em 11 de março de 2004, e pagos integralmente menos de um mês depois. Outros 19 foram assinados no fim do mesmo ano e pagos no início de 2005.

Maia, por meio de sua assessoria de imprensa, disse não saber sobre a decisão e, por isso, não comentou o assunto. Os outros condenados, José Carlos Ferreira de Sá e Américo da Costa Borges, não foram encontrados. Tatiana Saboya se compromoteu a dar declarações na próxima segunda-feira (29).

Noticias

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.