Esportes

Liverpool toma gol no início mas busca a virada e esquenta briga pelo topo do Inglês

O resultado leva a equipe aos 67 pontos em uma competição que tem também o Arsenal e o Manchester City na luta direta pelo título nacional da temporada. O Brighton, que ocupa a parte intermediária da tabela, valorizou o confronto. O revés, porém, deixa o time estagnado nos 42 pontos.


O enredo foi dramático, mas o desfecho teve um final feliz para o Liverpool. Após tomar um gol no primeiro minuto de jogo, o time do técnico Jürgen Klopp reagiu e venceu o Brighton por 2 a 1 neste domingo, pelo Campeonato Inglês, e esquentou ainda mais a briga pela liderança do torneio.

O resultado leva a equipe aos 67 pontos em uma competição que tem também o Arsenal e o Manchester City na luta direta pelo título nacional da temporada. O Brighton, que ocupa a parte intermediária da tabela, valorizou o confronto. O revés, porém, deixa o time estagnado nos 42 pontos.

Os heróis da virada são dois jogadores acostumados a balançar as redes. Luis Diaz empatou o duelo ainda na etapa inicial, enquanto o egípcio Mohamed Salah fez o gol que decretou o triunfo.

Os dois times voltam a jogar pela competição já no meio de semana. O Liverpool recebe o Sheffield United nesta quinta-feira atrás de mais uma vitória. Um dia antes, o Brighton visita o Brentford em busca da reabilitação.

O Liverpool mal teve tempo de se ajustar em campo e já ficou em desvantagem. No primeiro minuto de partida, o atacante Welbeck finalizou de dentro da área e colocou o Brighton em vantagem: 1 a 0.

Toda a estratégia montada para a partida precisou ser alterada e o Liverpool se lançou ao ataque disposto a igualar o placar. Salah, Luis Diaz e Darwin Nuñez passaram a ser mais acionados e a pressão fez o Brighton se encolher.

O empate acabou surgindo de uma bola perdida. Luis Diaz acreditou no lance, entrou na grande área e chutou no canto esquerdo para empatar o confronto aos 26 minutos: 1 a 1 e muita festa nas arquibancadas.

O gol deu mais tranquilidade ao Liverpool que trocou a ansiedade pelo toque de bola a fim de encontrar espaços na defesa rival. O forte esquema de marcação, no entanto, dificultou a missão dos donos da casa. Na melhor chance, Darwin Nuñez parou no goleiro Verbuggen.

Focado na virada, o Liverpool voltou imprimindo um ritmo forte e, com menos de dez minutos, perdeu duas boas chances. Primeiro em chute de Luis Diaz, que passou à direita do gol do Brighton. Depois foi a vez de Mac Allister, de cabeça, dar um susto no adversário.

A virada passou a ser questão de tempo e o 2 a 1 veio dos pés de Salah. O atacante egípcio recebeu um passe em profundidade e chutou no canto para marcar o segundo gol dos donos da casa aos 19 minutos.

À frente no placar, o Liverpool se manteve no ataque, mas usou a prudência para não ser surpreendido. Tocando a bola e explorando a velocidade de seus atacantes, a equipe de Jürgen Klopp administrou o duelo até o final e garantiu o resultado diante de sua torcida.

| IDNews®| Beto Fortunato | Via NBR | Estadão Conteúdo|

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *