Policia

Mãe é indiciada por torturar o namorado da própria filha em Minas Gerais

O incidente ocorreu em Rio Paranaíba, situada na região do Alto Paranaíba, interior de Minas Gerais


Uma mulher de 39 anos foi formalmente acusada pela Polícia Civil por tortura, após agredir e ameaçar um adolescente que alegadamente estava envolvido romanticamente com sua filha. O incidente ocorreu em Rio Paranaíba, situada na região do Alto Paranaíba, interior de Minas Gerais.

O processo de acusação foi concluído na última sexta-feira (10), após uma investigação que se baseou em depoimentos de testemunhas, análises periciais e registros de conversas nas redes sociais dos envolvidos. De acordo com a Itatiaia, durante o interrogatório, a mulher admitiu ter agredido o adolescente e ter adotado comportamentos equiparáveis ao crime de tortura, como uma forma de “demonstrar a ele que seu relacionamento com sua filha estava errado”.

Após a conclusão das investigações, a Polícia Civil decidiu formalizar a acusação contra a suspeita pelo crime de tortura. O caso foi encaminhado ao Poder Judiciário para os devidos procedimentos legais.

| IDNews® |Beto Fortunato |  NMBR |Brasil|

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *