Pastor acusado de estupro contra enteado deixa prisão sem tornozeleira

Pastor acusado de estupro contra enteado deixa prisão sem tornozeleira  
De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), o alvará de soltura foi concedido pelo desembargador Murilo Kieling
12:38| 10/07/2016
FELIPE HEIDERICH

Na madrugada deste domingo (10), o pastor Felipe Garcia Heiderich, acusado de abusar sexualmente do enteado de 5 anos, filho da pastora Bianca Toledo, deixou o complexo penitenciário de Bangu, na Zona Oeste do Rio, sem tornozeleiras eletrônicas.

De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), o alvará de soltura foi concedido pelo desembargador Murilo Kieling.

Segundo o magistrado, o Ministério Público já havia se posicionado de maneira favorável pela soltura nestas condições, já que o equipamento parou de ser fornecido ao governo desde setembro por falta de pagamento.

Ele foi denunciado por estupro de vulnerável e, de acordo com o documento, a prática ocorreu até o dia 11 de junho deste ano. A denúncia do promotor Luiz Otávio Lopes foi oferecida com base na investigação da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV), segundo informações do G1.

“Eu descobri coisas que não queria ter descoberto, e o que eu descobri é muito grave. Como mãe eu posso dizer que os meus últimos dias foram os piores dias da minha vida”, ressaltou a pastora.

Noticias

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *