Secretário enaltece o trabalho da equipe de funcionários da Secretaria de Esportes no último ano

Secretário enaltece o trabalho da equipe de funcionários da Secretaria de Esportes no último ano

O vereador licenciado e Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, Aluísio Augusto Braz, o Boi (PMDB), ocupou nesta terça-feira, 29 de março, a Tribuna Popular da Câmara Municipal de Araraquara para falar das conquistas da secretaria e do fato ocorrido com um servidor municipal envolvido em ocorrência policial.

Boi elogiou o trabalho e registrou o grande avanço da Secretaria de Esportes nesse último ano, “que vai ficar na história de Araraquara”.

Lembrou dos jogos universitários, onde mais de 20 mil pessoas estiveram na cidade, os jogos regionais, a ótima colocação nos jogos abertos, os atletas que se destacaram no Brasil, a passagem da tocha olímpica por Araraquara, as escolinhas de esportes com mais de 6 mil crianças atendidas, os mais de 800 atletas em competições representando a cidade, a consolidação do basquete masculino, o voleibol voltando a primeira divisão e o maior título do esporte amador com a conquista da Copa Libertadores da América, pelas guerreiras grenás.

O secretário fez questão de agradecer a toda a equipe que promoveu uma verdadeira “revolução” no esporte de Araraquara.

Sobre a ocorrência policial envolvendo um funcionário público, Boi disse que estava tranquilo para tocar no assunto, pois um funcionário de 22 anos de carreira, sem autorização de ninguém, escondeu um caminhão com um lote de 19 lousas digitais que iriam para Manaus, no interior do Ginásio de Esporte Castelo Branco, o Gigantão, num local onde a liberação de acesso estava sob a responsabilidade do mesmo.

“Assim que fiquei sabendo tomei todas as providências e solicitei que fosse feito o encaminhamento correto”, disse o secretário, determinando que o departamento jurídico da prefeitura tomasse as medidas necessárias.

Pediu ao secretário municipal de segurança, Tenente Santana, que abrisse o ginásio e fizesse um acompanhamento de perto, o que foi executado.

“O funcionário terá todo o direito de defesa, mas vai responder pelo seu ato na justiça”.

i_d_P&B

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *