Motorista de Uber reage a assalto e se salva pulando de carro em movimento

Motorista de Uber reage a assalto e se salva pulando de carro em movimento

| IDNews | Via Metropoles.com/KarinaCabral  | Foto: © Foto Reprodução

Os assaltantes estavam armados com uma garrucha e uma faca; o motorista segurou a arma e foi ferido com a faca antes de pular do carro

Um motorista do aplicativo Uber, de 47 anos, foi assaltado no fim da tarde dessa quinta-feira (6), durante uma corrida em que levaria quatro passageiros – três menores e um maior de idade – do Bairro Osmar Cabral, em Cuiabá, até o Bairro Jardim Glória, em Várzea Grande.

Enquanto os bandidos tentavam amarrar o motorista com fita crepe, ele resolveu reagir, segurou a arma – uma garrucha – que estava com um deles, foi atingido no dedo por uma faca que estava com outro e pulou do carro em movimento. O motorista foi socorrido por policiais que faziam rondas no Jardim Glória, no momento do crime.

A filha da vítima relatou ao LIVRE os momentos de terror vividos pelo pai. Segundo ela, o pai estava trabalhando pelo aplicativo Uber, quando recebeu um chamado no Bairro Osmar Cabral. A cliente era uma mulher, porém, ao chegar no local, quatro meninos entraram no carro. Os suspeitos utilizaram o celular da mãe de um deles para chamar o veículo no aplicativo.

Durante quase todo o percurso, os quatro estavam conversando normalmente com o motorista, até que, já no bairro Jardim Glória, ficaram quietos. O motorista pediu orientações sobre o endereço onde deveria deixá-los e os meninos começaram a se contradizer, até que anunciaram o assalto.

Dois deles estavam armados, um com uma garrucha e outro com uma faca. Eles colocaram o motorista no banco de trás e o único maior de idade começou a dirigir o carro em alta velocidade. Nervoso, ele chegou a atropelar um motociclista, enquanto os demais tentavam amarrar o motorista do aplicativo com uma fita crepe.

Com medo do que poderiam fazer com ele, o motorista resolveu reagir ao assalto. Ele segurou a garrucha que estava com um dos menores e o outro, que estava com a faca, foi para cima dele, ferindo-lhe o dedo.

Em meio à luta, o motorista abriu a porta do carro e pulou na rua com o veículo ainda em movimento. Por sorte, nesse exato momento, dois policiais faziam rondas na rua. A vítima correu até os militares e pediu ajuda.

Rapidamente os policiais acionaram reforços e o carro foi encontrado poucos minutos depois, ainda no bairro Jardim Glória, com os quatro participantes do roubo ainda dentro do veículo – um Gol de cor cinza, que já havia sido “vendido” e os suspeitos apenas iriam entregá-lo.

A Inteligência da Polícia Civil foi aos dois endereços registrados no aplicativo, o do Osmar Cabral e o do Jardim Glória e, no último, encontrou mais um adolescente, que estaria no aguardo da chegada dos outros quatro comparsas.

Todos foram detidos e encaminhados para a Central da Flagrantes de Várzea Grande. O motorista de Uber foi levado para o Pronto-Socorro de Várzea Grande, onde recebeu atendimento médico, devido ao corte no dedo, e depois foi liberado. Apesar do susto, ele passa bem.

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor - Câmera -

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *