Agentes da Força Nacional vivem sob regras de milícia no Rio

Agentes da Força Nacional vivem sob regras de milícia no Rio     
Problema ocorre no condomínio Vila Carioca, no bairro do Anil, na zona oeste
8:41| 14/07/2016
Força Nacional

Agentes da Força Nacional de vários Estados, convocados para atuação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, revelaram ao jornal Extra que vivem sob regras de uma milícia no condominínio em que foram alocados, na zona oeste da cidade.

De acordo com parte destes profissionais, que pediu anonimato, os 3,5 mil policiais civil e bombeiros alojados no condomínio Vila Carioca, do “Minha casa, minha vida”, no bairro do Anil, não podem andar armados e nem portando a identidade policial. Eles também não têm permissão para instalar internet fixa nos apartamentos, pois o serviço seria explorado pelos milicianos. A solução é pagar do próprio bolso para utilizar a conexão via smartphones.

Os agentes relataram, ainda, que as informações sobre as restrições foram passadas a eles pelos respectivos superiores.

Ao Extra, o Ministério da Justiça informou que vai apurar as informações e encaminhá-las à Polícia Federal, à Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança e à Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco).

Na última terça-feira, os agentes fizeram um panelaço no condomínio em protesto, também, contra atraso no pagamento de diárias, escalas de trabalho e más condições no alojamento, já que os apartamentos não estão mobilhados e os profissionais têm que comprar produtos básicos como lâmpadas, camas e geladeiras.

Noticias

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *