Aluisio Braz, Boi apoia manifesto dos funcionários da CTA ao projeto da prefeitura

Aluisio Braz, Boi apoia manifesto dos funcionários da CTA ao projeto da prefeitura 
Documento foi elaborado depois de conversa com o prefeito e vereadores da base
11:15| 25/05/2016
Francisco de Assis

Na manhã dessa terça feira (24), o vereador Aluisio Braz, Boi, ex-secretário de Governo, Comunicação e Esporte, participou de uma reunião, junto do prefeito Marcelo Barbieri e parlamentares, com funcionários da Companhia Tróleibus Araraquara (CTA). Além de ouvir os funcionários, também se discutiu detalhes do projeto que autoriza a venda do prédio do antigo pronto-socorro do Melhado.

Participaram da reunião o secretário da Fazenda, Roberto Pereira, o diretor da Controladoria do Transporte de Araraquara, Márcio Santos e os vereadores, Elias Chediek – PMDB (presidente da Câmara); William Affonso – PDT (líder de Governo); Adilson Vital – PV; Jair Martineli – PMDB; Rodrigo Buchechinha – SD e Roberval Fraiz- PMDB.

Boi-CTA 3O prefeito Marcelo Barbieri reforçou que a intenção da Prefeitura é quitar todas as rescisões, sem parcelamento, e reiterou que nesse momento a única forma de fazer isso é com a alienação do prédio na Vila Melhado.

Segundo Aluisio, “quando o Marcelo assumiu o município tinha um patrimônio de R$ 200 milhões; hoje, ele saltou para R$1 bilhão, com todas as obras realizadas em seu Governo. Deste montante, estamos falando de R$ 6.6 milhões que serão usados somente para pagamento dos funcionários da CTA. Não é justo deixa-los na mão, especialmente, nessa crise econômica que estamos enfrentando”, enfatizou.

A Comissão informou que, durante Assembleia realizada no dia anterior, os demais funcionários da CTA recusaram a proposta apresentada por alguns vereadores, com relação ao pagamento parcelado das rescisões. Um abaixo-assinado com esse posicionamento já foi entregue à Câmara Municipal.

Boi-CTA 4Os funcionários representantes da CTA optaram em fazer um manifesto de apoio aos vereadores da Câmara Municipal, solicitando apoio ao projeto enviado pela Prefeitura para a liberação da venda do prédio, na Vila Melhado.

“Só queremos o melhor para os funcionários da CTA e o projeto é solução mais adequada que encontramos para amparar os 350 funcionários que contam com a rescisão e o dinheiro para dar encaminhamento as suas vidas”, frisou Aluisio.

IDNews-Usa_Portal

 

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *