TV - Famosos

Anitta compartilha vídeo com críticas a Lira e Pacheco: ‘hora de dar um basta’

“O Congresso brasileiro vem atacando a natureza por anos. Este é o resultado”, diz o vídeo, com informações em inglês, mas também com legendas em português. A montagem compartilhada por Anitta não tem menção do autor do conteúdo.

Foto: Agência News


A cantora Anitta publicou nesta sexta-feira, 10, um vídeo com críticas ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). A publicação no perfil da cantora no Instagram relaciona a atuação do Congresso Nacional sobre políticas ambientais com o agravamento das mudanças climáticas e com as enchentes que afetam mais de 400 municípios do Rio Grande do Sul (RS).

“O Congresso brasileiro vem atacando a natureza por anos. Este é o resultado”, diz o vídeo, com informações em inglês, mas também com legendas em português. A montagem compartilhada por Anitta não tem menção do autor do conteúdo.

O perfil de Anitta no Instagram acumula mais de 65 milhões de seguidores, sendo a quarta conta brasileira mais popular da plataforma. O público da cantora na rede social só menor do que o dos jogadores de futebol Neymar, Marcelo Vieira e Ronaldinho Gaúcho.

“A consequência está aí”, escreveu o perfil de Anitta na descrição do vídeo. “Precisamos dar um basta em tanta destruição ou vamos enfrentar coisa muito pior lá na frente.” O vídeo tem como enfoque apresentar quem são Lira e Pacheco, presidentes do Legislativo federal do País, ao público estrangeiro.

Na descrição da publicação, Anitta marcou o perfil de Rodrigo Pacheco. Ao tentar mencionar a conta de Lira, a cantora fez a ressalva de que estava com o acesso restrito ao perfil do deputado federal “por questões ambientais anteriores”.

Não é a primeira vez que Anitta se envolve em questões políticas. A cantora se posicionou como oposição ao governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e intensificou o ativismo em 2022.

Durante o primeiro semestre daquele ano, quando ocorreram as eleições gerais em outubro, Anitta se juntou a outros artistas e influenciadores digitais e fez campanha para que jovens de 16 e 17 anos, cuja emissão do título de eleitor é facultativa, se habilitassem a votar. Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indicam que, neste período, mais de dois milhões de jovens realizaram a solicitação do título de eleitor.

Em julho, Anitta declarou apoio ao então pré-candidato à Presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT), mas disse que Marina Silva, hoje ministra do Meio Ambiente, seria a sua “presidente dos sonhos”.

|IDNews® | Folhapress | Beto Fortunato |Via NBR | Brasil

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *