Chega a 60 o número de mortos por bombas

Chega a 60 o número de mortos por bombas  – Ataque à bomba na Líbia

A agência do governo paralelo que existe no país, que controla Zliten, dá conta de números mais alarmantes e fala em 50 mortos e 127 feridos

Pelo menos 40 pessoas morreram num ataque à bomba num centro de treinos da polícia, em Zliten, na Líbia.

De acordo com o The Guardian, um caminhão bomba explodiu no local onde centenas de recrutas treinavam. O major da cidade informa que há centenas de feridos, muitos dos quais foram transferidos para o hospital local.

O representante da ONU na Líbia fez já uma publicação no Twitter condenando o ocorrido, que classifica como ataque suicida. Martin Kobler apelou ainda aos líbios para que lutem contra o terrorismo.

A agência do governo paralelo que existe no país, que controla Zliten, dá conta de números mais alarmantes e fala em 50 mortos e 127 feridos.

A Líbia é atualmente um país assolado pelo caos e pela guerra civil, desde que em 2011 a comunidade internacional apoiou um movimento rebelde contra a ditadura de Muammar Khadafi.

Desde as últimas eleições, que o poder está dividido entre dois governos, um com sede em Tripoli e outro, reconhecido pela comunidade internacional, em Tobruk.

Os dois governos são apoiados por grupos de islamitas, senhores de guerra, líderes tribais e traficantes de petróleo, armas, pessoas e droga.

Com a instabilidade no país, o grupo extremista Estado Islâmico e a organização Al-Qaeda no Magrebe Islâmico aumentaram a sua influência na Líbia, ganhando poder territorial e espalhando instabilidade a todo o norte de África.

Notícias em Minuto

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *