Ciclos menstruais antes da menopausa indicam risco de doença cardíaca

Cientistas descobriram, através de um estudo realizado em mais de 400 mulheres, por que razão as últimas menstruações antes da menopausa podem ser um indicador de doenças cardiovasculares.


Um novo estudo concluiu que as mudanças no ciclo menstrual das mulheres um pouco antes da menopausa podem fornecer pistas sobre o risco de virem a desenvolver problemas cardíacos. As conclusões foram divulgadas na revista científica Menopause.

De acordo a investigação, realizada pela Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, cerca de 62% das mulheres analisadas mantiveram a regularidade nos ciclos menstruais antes da menopausa. As restantes mostram ciclos de duração muito variável. Há que tenha tido um aumento precoce ou tardio de cinco e dois anos, respectivamente, definido como um aumento na duração do ciclo, o que pode indicar artérias menos saudáveis. Foram analisadas 428 mulheres norte-americanas entre os 45 e os 52 anos.

“A doença cardiovascular é a principal causa de morte em mulheres e o risco aumenta significativamente após a meia-idade, razão pela qual acreditamos que a menopausa pode contribuir para esta doença”, disse o principal autor do estudo Samar El Khoudary.

A menopausa, continua, “é uma transição de várias fases em que as mulheres passam por muitas mudanças que podem expô-las a um maior risco de doenças cardiovasculares”. “As mulheres têm diferentes trajetórias do ciclo menstrual durante a transição da menopausa. E essa trajetória parece ser um indicador da saúde cardiovascular”, acrescenta o professor ao jornal Daily Mail.

| IDNews® |Via NMBR |Brasil|

About Beto Fortunato
Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Beto Fortunato

Jornalista - Diretor de TV - Editor -Cinegrafista - MTB: 44493-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *